Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Brasil se salva no fim após jogo morno com o Peru e mantém 100% com Diniz

A seleção abriu o placar somente aos 44 minutos do segundo tempo com Marquinhos.

Brasil se salva no fim após jogo morno com o Peru e mantém 100% com Diniz
Notícias ao Minuto Brasil

04:36 - 13/09/23 por Folhapress

Esporte PERU-BRASIL

(UOL/FOLHAPRESS) - O Brasil venceu o Peru por 1 a 0, nesta terça-feira (12), em Lima (PER), pela segunda rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026.

A seleção abriu o placar somente aos 44 minutos do segundo tempo com Marquinhos. O zagueiro desviou escanteio cobrado por Neymar na primeira trave.

O time de Fernando Diniz encontrou muitas dificuldades para criar chances de gol contra o Peru. Richarlison chegou a marcar na primeira etapa, mas o VAR flagrou impedimento do camisa 9.

A seleção entrou em campo com o mesmo time que goleou a Bolívia na estreia.

Foi o último jogo do Brasil nesta data Fifa. A seleção se reúne novamente no próximo mês para enfrentar a Venezuela, em Cuiabá (MT), no dia 12 de outubro, e o Uruguai, em Montevideu no dia 17.

O JOGO

A seleção de Fernando Diniz estreou com goleada em casa sobre a Bolívia, mas mostrou que vai oscilar ao longo do ciclo. No segundo jogo do Dinizismo, o Brasil encontrou muita dificuldade contra o Peru, em Lima (PER).

Apesar de todos os elogios por parte dos atletas e da boa atuação ofensiva contra a Bolívia, a seleção criou pouco contra o Peru. A equipe do centroavante Paolo Guerrero teve muito mais a bola do que os bolivianos e, em dados momentos, conseguiu igualar o jogo com o Brasil. Éderson, no entanto, não trabalhou.

A seleção errou muitos passes e deixou o comandante aos berros na beira do campo. Diniz pedia a todo momento para que a equipe se compactasse do lado em que estava a bola ao invés de se espalhar pelo gramado.

Apesar de insatisfeito com elementos da atuação, Diniz pouco mexeu no time até perto dos 40 minutos do segundo tempo. Gabriel Jesus entrou na vaga de Richarlison aos 18 minutos da segunda etapa, mas foi a única alteração de Diniz até os momentos finais do duelo, quando o técnico fez três mudanças de uma vez: Vanderson, Joelinton e Martinelli.

LANCES IMPORTANTES

Fora! O Brasil girou a bola por toda a extensão da área adversária até Raphinha cruzar para Richarlison, na marca do pênalti, tocar de cabeça pro gol. A bola chegou alta para o camisa 9 e dificultou a cabeçada.

Gallese! Com toques rápidos pelo lado direito, o Brasil chegou a melhor chance já aos 44 minutos do primeiro tempo. Raphinha passou para Rodrygo, que achou Neymar na ultrapassagem. O camisa 10 finalizou forte, cruzado, mas viu o goleiro peruano fazer boa defesa.

De novo! A primeira chance da segunda etapa só veio aos 26 minutos e em chute de fora da área. O Brasil trocou passes na intermediária direita até Raphinha encontrar espaço e arriscar de fora para a defesa de Gallese em escanteio.

1x0. É de Marquinhos! Neymar cobrou escanteio no primeiro pau já perto dos acréscimos e o zagueiro do PSG tocou de cabeça cruzado para vencer Gallese.

DRAMA DO POMBO

O Brasil até chegou a abrir o placar aos 28 minutos do primeiro tempo justamente com Richarlison, o centroavante que deixou o campo chorando após passar em branco contra a Bolívia. Bruno Guimarães cruzou para o meio da área na cabeça do camisa 9, que fez o movimento perfeito para jogar no fundo das redes, mas o VAR, após checagem de seis minutos, marcou impedimento do Pombo.

As lágrimas de Richarlison se deram por ansiedade para marcar e frustração por não conseguir balançar as redes. O camisa 9 deixou o campo para a entrada de Gabriel Jesus aos 18 minutos da segunda etapa. Não teve gol, mas também não teve lágrima dessa vez.

Ficha Técnica
Peru 0 x 1 Brasil

BRASIL
Ederson; Danilo (Vanderson), Gabriel Magalhães, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Bruno Guimarães (Joelinton) e Neymar (Veiga); Raphinha (Martinelli), Rodrygo e Richarlison (Gabriel Jesus). T.: Fernando Diniz.

PERU

Gallese; Algo Corzo, Renato Tapia, Luis Abram e Trauco (Valera); Cartagena, Yotún, Andy Polo (Grimaldo) e Marcos López (Castillo); André Carillo (Ruidiaz) e Paolo Guerrero. T.: Juan Reynoso

Estádio: Nacional, em Lima (PER)
Juiz: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Diego Bonfa (ARG) e Facundo Rodriguez (ARG)
VAR: German Delfino (ARG)
Amarelos: Cartagena, López e Tapia; Raphinha e Bruno Guimarães
Gol: Marquinhos (44min/2ºT)

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório