Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Quase 200 turistas alemães ficam presos em avião com temperatura de 52°C

Segundo relatos dos passageiros, reporta o Bild, a companhia aérea não ofereceu "qualquer assistência", como "água ou comida"

Notícias ao Minuto Brasil

17:30 - 15/06/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Turquia

Um total de 189 turistas alemães viveram momentos de pânico após ficarem presos dentro de um avião com temperaturas acima dos 50 graus celsius. O voo proveniente de Antalya e com destino a Münster foi operado pela Mavi Gök Airlines.

Os passageiros foram surpreendidos com um problema técnico quando o sistema de ar condicionado do Boeing 737-800 falhou antes da decolagem. O incidente, que ocorreu em 6 de junho, só agora veio a público, revela o jornal Bild.

"Quando embarcamos, reparamos imediatamente que estava calor dentro do avião. O ar condicionado estava quebrado e o avião ficou na pista sob o calor durante quase uma hora. O termômetro atingiu uns chocantes 52 graus", conta o passageiro Dominik Jansen, detalhando que a situação tornou-se especialmente difícil para as crianças.

"As crianças estavam ficar cada vez mais barulhentas, todas chorando. A situação era muito perigosa. Toda mundo estava aterrorizado com os seus filhos, o pânico espalhou-se", acrescentou Nancy Jansen.

Um médico turco abordou a tripulação, avisando que as crianças corriam perigo de vida ao estarem sujeitas às temperaturas elevadas demais.

O piloto até começou a dirigir-se para a pista para decolar, mas acabou decidindo voltar para trás e regressar ao terminal do aeroporto.

Segundo relatos dos passageiros, reporta o Bild, a companhia aérea não ofereceu "qualquer assistência", como "água ou comida".

Entretanto, a Mavi Gök Airlines emitiu um comunicado, no qual salienta que "a segurança e o bem-estar dos passageiros e tripulantes são a principal prioridade" e promete ainda "trabalhar com as autoridades competentes para evitar tais incidentes no futuro".

Com um atraso de quatro horas já em um avião diferente, a aventura traumática destes passageiros acabou por terminar sem (mais) incidentes.

Leia Também: Mulher pega voo para ir a casamento do pai e chega... um ano antes

Campo obrigatório