Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Aposentado envia US$ 10 mil por engano junto com doação ao RS

O proprietário do dinheiro foi identificado e vai receber o montante de volta

Aposentado envia US$ 10 mil por engano junto com doação ao RS
Notícias ao Minuto Brasil

05:35 - 13/06/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Brasil Rio Grande do Sul

Uma mala com 10 mil dólares (cerca de 53 mil reais) foi encontrada no meio de doações destinadas às pessoas afetadas pelas inundações que assolaram o estado de Rio Grande do Sul. O dinheiro pertence a um homem, um polícia já reformado, que o enviou por engano.

O montante foi localizado numa mala vermelha que chegou em um caminhão que partiu de Santos, no litoral de São Paulo.

Durante a triagem dos donativos, uma das responsáveis pela campanha percebeu que, dentro de uma mala, estavam cartas, fotografias e outras lembranças de um homem identificado como Mário Dutra - e que estes bens deveriam ser devolvidas ao seu proprietário.

Ao procurar mais informações sobre o homem, a mulher encontrou o dinheiro no fundo da mala.

"Não tivemos dúvida do que fazer, que era encontrar o dono do dinheiro. E encontramos. Já entramos em contato com ele e vamos devolver o dinheiro ao dono", afirmou.

Mário Dutra, polícia aposentado de 77 anos, revelou ao G1 que juntou o dinheiro durante mais de 10 anos para fazer uma viagem à Europa quando fosse se aposentar - mas que esta acabou por não acontecer.

"Como não apareceu a oportunidade, eu esqueci. Se esses documentos não tivessem na mala, jamais iriam me encontrar. Me comoveu, acho que é a lei do retorno", contou o homem.

O septuagenário revelou que se sensibilizou com a situação vivida no estado devido às cheias que provocaram mais de 170 mortos e cerca de 600 mil desalojados.

Por isso, decidiu providenciar algumas roupas para doar e acabou usando a mala onde, por engando, estavam os seus pertences pessoais.
  
Mário revelou, no entanto, que parte do dinheiro será doado às vítimas de Rio Grande do Sul e a outra será para "curtir o resto da vida".

Leia Também: Número de mortes por leptospirose chega a 17 no Rio Grande do Sul

Campo obrigatório