Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Ultraje a Rigor se revolta ao ser chamado de 'fascistas' por radialista: 'O processo vem'

Marco Antônio Abreu festejou o cancelamento da emissora de um show do grupo liderado por Roger Moreira

Ultraje a Rigor se revolta ao ser chamado de 'fascistas' por radialista: 'O processo vem'
Notícias ao Minuto Brasil

09:24 - 10/06/24 por Folhapress

Fama Barraco

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O clima azedou entre a banda Ultraje a Rigor e o radialista Marco Antônio Abreu, mais conhecido como Titio Marco Antônio. O profissional da Kiss FM, de São Paulo, festejou o cancelamento da emissora de um show do grupo liderado por Roger Moreira e ainda chamou os músicos de "fascistas e falidos".

"Graças a Deus a Kiss repensou e decidiu cancelar o show de aniversário da rádio com a merda ultrajante do Ultraje a Rigor. Uma rádio tão importante como a nossa merece uma festa de respeito e não um grupo de fascistas falidos", escreveu Titio em sua rede social sobre a apresentação no Tokyo Marine Hall em 13 de julho pelo aniversário de 23 anos da rádio.

A mensagem foi apagada, mas o estrago já tinha sido feito. Os integrantes do Ultraje a Rigor chegaram a pedir a demissão do radialista e os fãs reclamaram da publicação. Diante da repercussão, a rádio emitiu uma nota, destacando seu compromisso com a imparcialidade e o respeito ao público: "As publicações feitas por nossos comunicadores em suas páginas pessoais não refletem a opinião da Kiss FM e não representam, necessariamente, os valores e princípios da emissora".

Abreu recebeu muitas mensagens de apoio em seu perfil, mas também foi atacado pelos seguidores. Neste sábado (8), ele voltou às redes sociais para se desculpar: "Amigos, gostaria de esclarecer que, num momento de empolgação pessoal, cometi um erro ao fazer uma crítica à uma determinada banda e senti que, sem a menor intenção, prejudiquei a emissora que trabalho", começou. "Peço desculpas à emissora, a meus diretores e ao público. A crítica que fiz (minha opinião não mudou) é estritamente pessoal e não reflete nenhum dos veículos que trabalho".

Neste domingo (9), Roger se manifestou e disse que a banda não aceita as desculpas: "Vai aprender a ter responsabilidade. Claro que o covarde não cita a banda agora. Vai ter que provar o que disse, malandrão. Na Justiça. O processinho está a caminho. O processo vem. Fascista é seu c*", escreveu o músico.

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório