Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Regina Duarte lamenta morte de Ilva Niño, a empregada Mina de 'Roque Santeiro'

Com mais de 30 novelas no currículo, a atriz ficou bastante conhecida pelo papel da empregada Mina em "Roque Santeiro" (Globo, 1985), personagem que contracenava diretamente com Viúva Porcina, papel de Regina na trama de Dias Gomes (1922-1999) e Aguinaldo Silva.

Regina Duarte lamenta morte de Ilva Niño, a empregada Mina de 'Roque Santeiro'
Notícias ao Minuto Brasil

17:00 - 13/06/24 por Folhapress

Fama REGINA-DUARTE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Regina Duarte, 77, usou as redes sociais para lamentar a morte da atriz Ilva Niño, aos 90 anos, em decorrência de complicações respiratórias, digestivas e renais, que culminaram numa falência múltipla de órgãos.

Com mais de 30 novelas no currículo, a atriz ficou bastante conhecida pelo papel da empregada Mina em "Roque Santeiro" (Globo, 1985), personagem que contracenava diretamente com Viúva Porcina, papel de Regina na trama de Dias Gomes (1922-1999) e Aguinaldo Silva.

"Não é hora de gritaria. Mas como posso deixar de postar o afeto e o carinho que me uniu a Ilva Niño que hoje nos deixou?", começou Regina na postagem.
"Em nosso encontro na novela 'Roque Santeiro', deu-se o privilégio que tive de conviver com ela. Permita, Nosso Senhor, que a gente possa continuar rindo e correndo atrás da felicidade", completou.

Na novela, Mina era criada de Porcina, a quem era fiel, confidente e cúmplice. O papel de empregada era recorrente na carreira de Ilva em mais de seis décadas. Mas também viveu muitas donas de casa ou mulheres nordestinas em seus trabalhos.

A partir da década de 1970, Niño passou a ter diversos papéis em novelas da Globo -a maioria como mulheres de personalidade forte. Foi Alzira, a mãe das personagens de Betty Faria e Elizangela, em "Pecado Capital", de 1975, e Cotinha, a mais velha de quatro irmãs pernambucanas, em "Sem Lenço, sem Documento", de 1977.

Também atuou em "A Patota", de 1972, "Gabriela", de 1975 e "Feijão Maravilha", de 1979, antes de se consolidar nos anos 1980. Depois de participar de "Água Vida", de 1980, ela se destacou na novela "Partido Alto", de 1984, que tratava de samba, breakdance, carnaval e jogo do bicho em horário nobre. Niño deu vida à fofoqueira Iara, a quem o marido era submisso.

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório