Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Caetano Veloso processa membros do MBL por acusação de pedofilia

Cantor pede indenização de R$ 100 mil cada um dos seis réus, além de retirada de conteúdo de páginas na internet

Caetano Veloso processa membros do MBL por acusação de pedofilia
Notícias ao Minuto Brasil

15:30 - 21/10/17 por Notícias Ao Minuto

Cultura justiça

O cantor Caetano Veloso e a esposa dele, a empresária Paula Lavigne, processam integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL), incluindo os coordenadores nacionais Kim Kataguiri, Rubinho Nunes e Renan Santos, por danos morais. O grupo fez publicações na internet acusando o cantor de pedofilia.

Segundo informações do Jornal do Commercio, Caetano pede indenização de R$ 100 mil cada um dos seis réus, além de retirada de conteúdo considerado ofensivo de páginas na internet. Caso a orientação não seja seguida, o MBL poderá ter como pena multa diária de R$ 5 mil.

+ Gabriel O Pensador lança clipe de 'Tô Feliz (Matei O Presidente 2)'

Para Rubinho Nunes, as publicações não são crime. "Não há dano moral quando você divulga um fato, Só é injúria se ele tivesse feito, mas foi a própria Paula Lavigne que confessou o ator", disse ele, em vídeo.

A ação, protocolada em 9 de outubro no Tribunal de Justiça do Rio, aguara manifestação inicial da defesa dos réus. Neste sábado (21), a hashtag #CaetanoPedofilo se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter pela repercussão do caso. Internautas citaram o fato de o relaciomaneto do casal ter começado quando Paula era menor, e o cantor era adulta.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório