Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Após ordem, Twitter mostra publicações de Musk a 90% de seguidores, diz site

A informação foi publicada pela newsletter Platformer, mantida pelo jornalista especializado na cobertura de big techs Casey Newton, também podcaster do New York Times.

Após ordem, Twitter mostra publicações de Musk a 90% de seguidores, diz site
Notícias ao Minuto Brasil

06:05 - 16/02/23 por Folhapress

Tech ELON-MUSK

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Elon Musk teria ordenado, na madrugada de segunda-feira (13), que funcionários do Twitter alterassem o algoritmo da rede social depois que um de seus tweets foi menos visualizado do que uma declaração do presidente Joe Biden na plataforma. Agora, mais de 90% dos seguidores do bilionário veriam as publicações dele.

A informação foi publicada pela newsletter Platformer, mantida pelo jornalista especializado na cobertura de big techs Casey Newton, também podcaster do New York Times. A mensagem para alterar a rede social teria partido do sobrinho do dono do Twitter, James Musk.

"Nós vamos consertar um problema com engajamento na plataforma", teria escrito James Musk em um canal com engenheiros da rede social no aplicativo de bate-papo Slack.

Os técnicos, então, criaram uma ferramenta chamada "multiplicador de usuário avançado" que aumenta a projeção dos tweets do bilionário, também dono da Tesla e da SpaceX, de acordo com a reportagem.

No último dia 7, ainda segundo a Platformer, o dono do Twitter demitiu um dos principais engenheiros da equipe. O funcionário teria dito que os tweets de Elon Musk haviam perdido alcance porque o chefe tinha perdido popularidade. Algoritmos de rede social, em geral, aumentam a visibilidade de publicações que prendem mais o leitor.

Joe Biden, supostamente, engatilhou a frustração de Elon Musk ao manifestar apoio, na rede social, ao Philadelphia Eagles na final do Super Bowl e receber 29 milhões de impressões. O dono do Twitter também expôs sua torcida ao público e recebeu 9,1 milhões de visualizações e decidiu deletar seu tweet.

O Eagles perdeu o jogo para o rival Kansas City Chiefs, e Elon Musk voou em jato particular à Baía de São Francisco, onde está a sede do Twitter. Lá, o bilionário teria cobrado mudanças no código da linha do tempo da rede social, segundo a newsletter de Casey Newton.

Usuários da rede social ao redor do globo passaram a apontar a superexposição às publicações de Elon Musk ainda na segunda-feira na aba "para você", criada no início de fevereiro com a promessa de entregar uma curadoria personalizada para cada usuário. Nesta guia, entre as dez primeiras publicações exibidas à reportagem, cinco eram do bilionário.
A decisão de Elon Musk de modificar o algoritmo em benefício próprio levou alguns usuários a bloqueá-lo. Nesta quarta-feira (15), a hashtag #BlockElon alcançou os assuntos do momento no mundo com quase 10 mil tweets.

Segundo a agência de notícias Bloomberg, Elon Musk afirmou que deve continuar no comando da rede social por mais cerca de um ano. A declaração é desta quarta, em que o bilionário participou da Cúpula Mundial de Governo, que reúne chefes de Estado, lideranças locais e executivos em Dubai.

Em dezembro, o bilionário dono da Tesla abriu uma enquete com a questão se deveria continuar na direção do Twitter. Entre os respondentes, 57,5% votaram pela renúncia de Elon Musk.

Campo obrigatório