Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Concessionárias preveem aumento de 10% nas vendas de carros em 2019

O otimismo é baseado na oferta de crédito

Concessionárias preveem aumento de 10% nas vendas de carros em 2019
Notícias ao Minuto Brasil

19:52 - 05/02/19 por Folhapress

Economia Previsão

As concessionárias acreditam que as vendas de veículos irão crescer 10,1% em 2019. O dado foi apresentado nesta segunda (5) pela Fenabrave, entidade que representa as distribuidoras de automóveis. O cálculo considera carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões.

O otimismo é baseado na oferta de crédito. Segundo Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, há R$ 167 bilhões disponíveis para financiamento de veículos: os bancos estão atrás dos bons pagadores que adiaram a troca do carro.

+ Bolsa fecha em queda pressionada por Itaú, mas mantém 98 mil pontos

"Em um passado recente, apenas três em cada 10 fichas de crédito eram aprovadas pelas financeiras. Agora, essa proporção é de 6,2 em 10", afirma Assumpção.

A previsão da Fenabrave está alinhada com os resultados de janeiro. De acordo com a entidade, as 199,8 mil unidades emplacadas neste começo de ano representam crescimento de 10,2% na comparação com o mesmo período de 2018.

Em janeiro, a Anfavea (associação que representa as montadoras) também previu crescimento em 2019: 11,4% sobre 2018.

+ Economia com reforma da Previdência será de R$ 1 trilhão em 10 anos

Apesar dos problemas que alega enfrentar no Brasil, a General Motors mantém-se na liderança, e com folga. Seu compacto Chevrolet Onix teve 18.482 unidades vendidas no primeiro mês do ano. O Ford Ka aparece em segundo (8.023).

Em comparação a janeiro de 2018 o Onix cresceu 17,3% nos emplacamentos.

A GM busca auxílio dos governos para recuperar perdas que afirma ter tido nos últimos anos. Para o presidente da Fenabrave, se algum pedido da montadora americana for atendido, o benefício tem que ser estendido a todas as fabricantes de veículos. "Um filho não pode ser mais beneficiado que outro."

+ Para S&P, ceticismo e esperança definem momento econômico do Brasil

Uma das ações previstas pela GM em seu processo de reestruturação envolve as concessionárias. A empresa quer reduzir a margem repassada aos lojistas pela comercialização de um de seus veículos, segundo representantes das revendedoras. O modelo não foi revelado.

Os concessionários não gostaram da ideia, que segue em discussão. Procurada pela reportagem, a montadora não quis se pronunciar sobre o assunto. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório