Noiva do lateral Alan pediu para ele desistir da viagem

Marina chegou a cogitar a Alan para ele dizer que estava com alguma dor. "Mas o Alan é comprometido demais", relatou Marina Storchi

© DR
Esporte PRESSENTIMENTO 10:43 - 30/11/16 POR Notícias Ao Minuto

A noiva do lateral da Chapecoense Alan Ruschel, a designer gaúcha Marina Storchi, não estava satisfeita com a viagem do jogador. Dias antes do embarque, ela comentou que o passaporte dele hava desaparecido em casa. "Um dia, vi o passaporte em cima da mesa. Dois dias depois, havia sumido. Reviramos tudo. Procurei até no lixo. E nada do passaporte do guri", relembrou Marina, que viajaria de madrugada para Medellín junto com Simone, mulher do zagueiro Neto.

PUB

Marina chegou a cogitar a Alan para ele dizer à comissão técnica que não tem condições de viajar. "Falei a ele para dizer que estava com alguma dor. Disse que não era pra ele ir nesta viagem. Mas o Alan é comprometido demais", relatou. Segundo a Folha de S. Paulo, Marina chegou a cancelar uma viagem para a Austrália com a sua mãe. "Não sei o que me deu. Estava tudo comprado. Mas tive certeza de que não era para eu ir", contou a gaúcha. A prima dela, Gabriela Storchi, 35 anos, afirmou que Marina pode ter pressentido algo. "Ela é muito sensitiva. Se tivesse viajado com a mãe, estaria do outro lado do mundo agora", disse.

Alan Ruschell é um dos seis sobreviventes do acidente do voo que caiu na madrugada da última terça-feira (29), na Colômbia. O goleiro Jackson Follmann, 24, o zagueiro Hélio Zampier Neto, 31, o jornalista Rafael Henzel, 43, e dois tripulantes, os bolivianos Ximena Suarez e Erwin Tumiri, também foram resgatados com vida.

LEIA TAMBÉM: Buscas por corpos são encerradas com 71 mortos; seis sobrevivem

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X