Torcedores lotam arena de Chapecó em homenagem a mortos

Fãs foram ao estádio no horário em que se realizaria a primeira partida da final da Sul-Americana

© Ricardo Moraes/Reuters
Esporte arena condá 17:00 - 01/12/16 POR Folhapress

Pastores e um padre celebraram nesta quarta (30) um ato ecumênico no centro do gramado da Arena Condá, estádio da Chapecoense, em Chapecó (SC). Crianças da escolinha do clube estão no centro do gramado, onde familiares assistiram à celebração, em pé em frente a cadeiras.

PUB

+ ‘Conduzidos pela LaMia, estamos bem’, diz Kempes em vídeo no avião

Um altar foi improvisado no gramado, com a bandeira do "Verdão do Oeste", como a equipe também é chamada, em cima da uma mesa. Uma vela, uma cruz e a taça do título do Campeonato Catarinense, conquistado neste ano pelo clube, também adornavam o altar.Torcedores e parentes de jogadores se emocionaram muito durante o evento. O silêncio tomou conta do estádio durante um minuto, em homenagem aos mortos no acidente. Juntos, todos no estádio rezaram o "Pai Nosso", e repetiram palavras do padre.

Às 21h30, cantaram "sou Chapecoense, com muito orgulho, com muito amor".Jogadores que não viajaram com o time, entre eles, Nivaldo, Rafael Lima e Marcelo Boeck, deram uma volta olímpica no estádio, levando torcedores a salvas efusivas de aplausos.No telão, foram exibidos os nomes de cada um da equipe da Chapecoense que estavam no voo, aplaudidos por todos. Às 22h, após uma contagem regressiva e gritos de "É campeão!", o estádio começou a esvaziar.

Setenta e uma pessoas morreram com a queda, na terça (29), da aeronave que transportava jogadores e delegação chapecoense, além de jornalistas e membros da tripulação. O time brasileiro se dirigia à Colômbia para disputar o primeiro jogo pela final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. Com informações da Folhapress.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X