São Paulo vence, mas Cruzeiro vai às oitavas da Copa do Brasil

A equipe tricolor precisava vencer por três gols de diferença ou dois desde que marcasse três ou mais após perder o jogo de ida por 2 a 0, no Morumbi

© Washington Alves/Cruzeiro
Esporte Duelo 21:54 - 19/04/17 POR Folhapress

O São Paulo fez uma boa partida e venceu o Cruzeiro por 2 a 1, nesta quarta-feira (19), no Mineirão, mas foi eliminado na quarta fase da Copa do Brasil.

PUB

A equipe tricolor precisava vencer por três gols de diferença ou dois desde que marcasse três ou mais após perder o jogo de ida por 2 a 0, no Morumbi, na última quinta-feira (13).

Agora, o São Paulo tenta reverter uma nova desvantagem fora de seus domínios. No domingo (23), enfrenta o Corinthians precisando vencer por dois gols de diferença para levar o jogo para os pênaltis ou três para obter a classificação e, consequentemente, a vaga na final do Campeonato Paulista.

Após duas derrotas consecutivas para o próprio Cruzeiro e para o Corinthians, ambas por 2 a 0, respectivamente pela Copa do Brasil e Campeonato Paulista, o São Paulo marcou com muita intensidade no campo de ataque e dominou os 30 minutos iniciais.

A mudança de postura da equipe do Morumbi coincidiu com as modificações feitas por Rogério Ceni no meio de campo e no setor ofensivo. Titulares contra o Corinthians, no último domingo, Jucilei e Luiz Araújo começaram no banco de reservas, enquanto Thiago Mendes, suspenso, e Wellington Nen, machucado, ficaram fora da partida.

Assim, Rogério escalou João Schmidt, Wesley, Cícero e promoveu a estreia do meia-atacante Morato, recém-contratado do Ituano. O jogador foi um dos destaques do primeiro tempo e fez o cruzamento para Lucas Pratto abrir o placar.

Antes do primeiro gol, Cueva teve excelente oportunidade de ampliar. O peruano recebeu livre na grande área e concluiu para fora. Ainda na etapa inicial, Pratto finalizou e exigiu excelente defesa de Rafael, que espalmou e a bola pegou no travessão antes de sair.

Nos últimos 15 minutos, o Cruzeiro equilibrou e teve a chance de empatar. Arrascaeta puxou contra-ataque, passou por Rodrigo Caio, que estava em uma noite infeliz, e, livre, tentou o passe para Thiago Neves, que finalizou, mas Maicon travou e impediu o gol.

No segundo tempo, o São Paulo não voltou com o mesmo ímpeto. Mesmo assim, criou boa oportunidade. Morato cobrou escanteio, Pratto desviou e Jucilei tocou, mas a bola foi para fora.

O Cruzeiro, porém, chegou ao empate. Rodrigo Caio, principal personagem da derrota para o Corinthians pelo o ato de 'fair-play', errou o domínio e cometeu falta na meia lua. Aos 14 minutos, Thiago Neves cobrou falta, a bola desviou na barreira e entrou.

Logo após o gol, Rogério fez duas mudanças. Thomaz entrou no lugar de Cueva, enquanto Gilberto substituiu Cícero. Morato exigiu bela defesa de Rafael. Pouco depois, após bola alçada na área, Gilberto bateu de primeira e marcou o segundo.Thomaz teve chance de ampliar, mas desperdiçou. O Cruzeiro também quase marcou com Ariel Cabral, mas Renan Ribeiro fez excelente defesa garantindo a vitória que foi insuficiente para obter a classificação. Com informações da Folhapress. 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X