Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mulher de embaixador teria oferecido R$ 80 mil para matar marido

Para o delegado, a motivação do crime foi passional, já que o PM e a Françoise Amiridis tinha um caso amoroso

Mulher de embaixador teria oferecido R$ 80 mil para matar marido
Notícias ao Minuto Brasil

20:55 - 30/12/16 por Notícias Ao Minuto

Justiça Investigação

Nesta sexta-feira (30), em entrevista coletiva concedida pela polícia Civil do Rio, o delegado Evaristo Pontes Magalhães, da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), informou que a Justiça decretou a prisão da viúva, a embaixatriz Françoise Amiridis; do PM Sérgio Gomes Moreira Filho, que era seu amante; e do primo dele, Eduardo Moreira de Melo.

De acordo com o delegado, os três confessaram o assassinato do embaixador grego Kyriakos Amiridis, que teria sido encomendado pela mulher do embaixador pelo valor de R$ 80 mil. No entanto, a viúva nega ter oferecido dinheiro ao primo de Sérgio.

"Inicialmente ela negou, mas conseguimos demonstrar para ela que não tinha mais saída. Aí, ela cai em contradição, cai no pranto de choro e começa a relatar que finalmente o policial militar tinha sido o autor daquele crime de homicídio. Disse que não queria que acontecesse, que não tinha culpa, que não tinha como ter evitado", explicou o delegado.

Para o delegado, a motivação do crime foi passional, já que o PM e a Françoise Amiridis tinha um caso amoroso.

"A investigação é complexa e há muitas informações a serem esclarecidas ainda", explicou o delegado.

Campo obrigatório