Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Governo afegão homenageia pai que guia 12km para filhas estudarem

"Sou analfabeto e vivo com salário diário, mas a educação das minhas filhas é muito valiosa para mim", diz Mia Khan.

Governo afegão homenageia pai que guia 12km para filhas estudarem
Notícias ao Minuto Brasil

23:45 - 08/01/20 por Notícias Ao Minuto

Mundo Afeganistão

Mia Khan, um pai afegão que considera "a educação das suas filhas um dever", foi homenageado pelas autoridades afegãs por percorrer 12 quilômetros diários de moto para levar as suas filhas à escola e esperar algumas horas, até que as aulas terminem, para as levar de volta para casa.

O homem de 63 anos de idade, com uma família de 12 elementos, incluindo sete filhas, é natural de Sharana, capital da província de Paktika, no Afeganistão.

"Sou analfabeto e vivo com salário diário, mas a educação das minhas filhas é muito valiosa para mim porque não há nenhuma médica na nossa zona. É o meu maior desejo educar as minhas filhas como os meus filhos", afirmou, segundo o Comitê Sueco para o Afeganistão (SCA).

Mia Khan confessa que, às vezes, ele e as suas três filhas, de 8, 10 e 12 anos, percorrem aquela distância a pé, para chegar à escola de Nooraniya, que é gerida pelo SCA, uma organização não-governamental sueca que opera no Afeganistão.

A ação de Mia Khan, num país onde a educação não é algo considerado tão importante, especialmente para as meninas, chamou a atenção das autoridades locais. Na semana passada, de acordo com o Arab News, o homem foi homenageado pelo ministro da Educação do país, Mirwais Balkhi, tendo este já manifestado a intenção de construir uma escola na aldeia onde Khan vive e batizá-la com o seu nome.

"Eu sou tão feliz por estudar, estou no sexto ano, este ano. O meu pai ou o meu irmão nos trazem numa moto todos os dias e quando saímos, nos levam de volta", disse uma das meninas, Rozi, citada pelo SCA. O seu sonho, como disse o pai, é ser médica.

Campo obrigatório