Internet se revolta contra abuso de hashtag no acidente da Chapecoense

Catraca Livre é acusada de fazer cobertura sensacionalista; enquanto Net Shoes teria aumentado o preço da camiseta do time

© Reprodução / Twitter
Tech #ForçaChape 22:01 - 29/11/16 POR Notícias Ao Minuto

O site Catraca Livre está sendo execrado nas redes sociais nesta terça-feira por conta da cobertura sensacionalista sobre o assunto mais comentado do dia, o acidente de avião da Chapecoense na Colômbia. O Net Shoes também virou alvo de críticas por supostamente ter aumentado o preço da camisa da equipe após a tragédia.

PUB

O Catraca Livre publicou selfies tiradas por pessoas logo antes de morrer, fazendo um gancho com a notícia das fotos tiradas pelos jogadores da Chapecoense antes da queda. Depois, postou um vídeo de mau gosto mostrando a reação de pessoas durante um acidente de avião. Além disso, também aproveitou o assunto para divulgar matérias sobre medo de avião e outros temas relacionados.

Os internautas ficaram revoltados, acusando o portal de "caçar cliques" a qualquer preço.

O criador do Catraca Livre se desculpou pela cobertura, reivindicando toda a responsabilidade para si mesmo e alegando que a redação inteira do portal havia sido contra suas ideias.

No entanto, o pedido de desculpas só piorou a imagem do site, que está perdendo likes como se não houvesse amanhã.

O site Net Shoes, por sua vez, recebeu uma enxurrada de críticas após aumentar o preço da camisa da Chapecoense de R$ 129 para R$ 249 após a queda do avião, o que fez a internet condenar em massa a empresa por supostamente querer lucrar com a tragédia. (Sputnik Brasil)

Leia também: Netshoes "aumenta" preço de camisa da Chape e revolta internautas

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X