Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Festival de Veneza terá Timothée Chalamet, Harry Styles e filme de Iñárritu

Os brasileiros ficaram de fora desta edição do Festival de Veneza, programada para acontecer na cidade italiana entre 31 de agosto e 10 de setembro.

Festival de Veneza terá Timothée Chalamet, Harry Styles e filme de Iñárritu
Notícias ao Minuto Brasil

19:20 - 26/07/22 por Folhapress

Cultura FESTIVAL-VENEZA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A organização do Festival de Veneza anunciou, nesta terça-feira (26), os filmes selecionados para a 79ª edição deste que é um dos principais eventos do mundo cinematográfico -e que tem se tornado, cada vez mais, um importante veículo de promoção para filmes que pretendem chegar ao Oscar.

Para a competição oficial, destaque para o longa de abertura, "White Noise", dirigido por Noah Baumbach, uma comédia ácida que acompanha um professor que leciona uma matéria sobre a vida de Hitler e que perde o controle de sua vida quando um acidente espalha toxinas químicas por sua cidade. No elenco estão Adam Driver e Greta Gerwig.

Destaque também para o aguardo novo filme de Luca Guadagnino, que retoma a parceria com Timothée Chalamet em "Bones and All", história que mistura romance e terror. O oscarizado Alejandro González Iñárritu apresenta "Bardo", o iraniano Jafar Panahi, "No Bears", e Florian Zeller, "The Son", uma espécie de continuação para "Meu Pai", que deu a ele um Oscar de roteiro e a Anthony Hopkins, mais um de atuação. No elenco estão Hugh Jackman e Laura Dern.

Outro dos filmes mais aguardados do ano, "Blonde", também será exibido no Lido. A biografia de Marilyn Monroe é estrelada por Ana de Armas e passa pelo festival antes de chegar à Netflix, no fim de setembro.

Também foram selecionados "Il Signore delle Formiche", de Gianni Amelio, "The Whale", de Darren Aronofsky, "Tár", de Todd Field, "Love Life", de Koji Fukada, "Athena", de Romain Gavras, "The Eternal Daughter", de Joanna Hogg, "Beyond the Wall", de Vahid Jalilvand, "The Banshees of Inisherin", de Martin McDonagh, "Argentina, 1985", de Santiago Mitre, "Chiara", de Susanna Nicchiarelli, "Monica", de Andrea Pallaoro, "All the Beauty and the Blooshed", de Laura Poitras, "Un Couple", de Frederick Wiseman, "Les Miens", de Roschdy Zem, "Les Enfants des Autres", de Rebecca Zlotowski, "L'Immensità", de Emanuele Crialese, e "Saint Omer", de Alice Diop.

Fora da competição, chamam a atenção os novos filmes de Lav Diaz, "When the Waves Are Gone", de Paul Schrader, "Master Gardener", de Ti West, "Pearl", e de Olivia Wilde, o envolto em expectativa "Don't Worry Darling", que tem Harry Styles, Florence Pugh e Chris Pine no elenco.

Há ainda documentários que se debruçam sobre a história e o atual conflito na Ucrânia e o mais novo de Oliver Stone, "Nuclear". Lars von Trier e Nicolas Winding Refn aparecem no Lido com séries, "Riget Exodus" e "Copenhagen Cowboy".

Os brasileiros ficaram de fora desta edição do Festival de Veneza, programada para acontecer na cidade italiana entre 31 de agosto e 10 de setembro.

Campo obrigatório