Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Previsão para Selic no fim de 2023 permanece em 12,75% para ao ano no Focus

A mediana para os juros básicos no fim de 2023 continuou em 12,75% ao ano, enquanto para o término de 2024 se manteve em 10,00%.

Previsão para Selic no fim de 2023 permanece em 12,75% para ao ano no Focus
Notícias ao Minuto Brasil

11:36 - 20/03/23 por Estadao Conteudo

Economia Selic

Apesar das pressões do governo federal sobre o Banco Central para a queda de juros, a expectativa para a taxa Selic se manteve estável para o fim de 2023, 2024, 2025 e aumentou para 2026 no Boletim Focus do BC. A mediana para os juros básicos no fim de 2023 continuou em 12,75% ao ano, enquanto para o término de 2024 se manteve em 10,00%.

Ambas as medianas estão estáveis nesses patamares há cinco semanas.

Considerando apenas as 94 respostas dos últimos cinco dias úteis, a mediana para o fim de 2023 também seguiu em 12,75%. Para o fim de 2024, passou de 9,75% para 10,00%, com 90 atualizações na última semana.

No primeiro Comitê de Política Monetária (Copom) no novo governo Lula, em fevereiro, o colegiado afirmou que a incerteza fiscal e a desancoragem de expectativas inflacionárias em prazos mais longos aumentam o custo da desinflação. Naquela oportunidade, o BC manteve a taxa Selic em 13,75% ao ano pela quarta reunião consecutiva. O comitê volta a se reunir nesta semana.

Na Focus, a projeção para a Selic no fim de 2025 continuou em 9,00%, mesma mediana de quatro semanas atrás. O boletim ainda trouxe a projeção para a Selic no fim de 2026, que passou de 8,75% para 9,00%, de 8,75% um mês antes.

Os analistas de mercado ouvidos pelo Broadcast Projeções na última semana preveem de forma unânime manutenção da taxa Selic em 13,75% na reunião dos próximos dois dias. Das 45 instituições consultadas, 30 esperam o início do ciclo de cortes da Selic ainda em 2023, sendo seis no segundo trimestre, 13 no terceiro e 11 no quarto.

As 15 demais instituições esperam cortes só em 2024. A mediana agora indica juros em 12,5% no fim de 2023, ante 12,75% no levantamento realizado após a ata da reunião de fevereiro. A estimativa intermediária para o fim de 2024 avançou de 10,13% para 10,25%, e, para o fim de 2025, recuou de 10,13% para 9,0%.

Campo obrigatório