Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Tem dinheiro na poupança? Veja quanto ele rende com a nova Selic

Caso a Selic caia abaixo de 8,5% ao ano, a regra da caderneta muda para uma rentabilidade anual de 70% da Selic mais a TR.

Tem dinheiro na poupança? Veja quanto ele rende com a nova Selic
Notícias ao Minuto Brasil

06:30 - 21/09/23 por Folhapress

Economia TAXA-SELIC

(FOLHAPRESS) - A Selic caiu mais uma vez. Agora, a taxa básica de juros está em 12,75% ao ano, após corte de 0,5 ponto percentual feito pelo Banco Central nesta quarta (20).

E não para por aí. O Copom (Comitê de Política Monetária do BC) sinalizou mais cortes nos próximos meses. O mercado financeiro espera juros a 11,75% ao fim deste ano e a 9% em 2024.

Com a taxa básica de juros atual, a poupança segue a regra de rentabilidade fixa de 0,5% ao mês mais a TR (Taxa Referencial), que varia mensalmente. Isso equivale a 7,44% ao ano (0,6% ao mês), projeta a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), com uma TR estimada em 1,21% ao ano.

Caso a Selic caia abaixo de 8,5% ao ano, a regra da caderneta muda para uma rentabilidade anual de 70% da Selic mais a TR.

Vale lembrar que, quanto maior a inflação, maior tende a ser a Selic, que é justamente o mecanismo utilizado pelo BC para controlar o aumento de preços. Em ciclos de queda do IPCA e da Selic, é natural que a rentabilidade da renda fixa como um todo caia. Por isso, a máxima de diversificar os investimentos deve sempre ser respeitada.

QUANTO RENDE A POUPANÇA?

Como a poupança é isenta do IR (Imposto de Renda), é preciso considerar apenas o desconto da inflação projetada para o período. Assim, a rentabilidade real da poupança cai para 3,35% em 12 meses. Neste cálculo, leva-se em conta a projeção do boletim Focus para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) para os próximos 12 meses, de 4,09%.

Tal rendimento é menor do que o projetado para outras aplicações de renda fixa, como o Tesouro Selic e CDBs (Certificados de Depósito Bancário).

Mas em relação a fundos de investimentos de renda fixa, a poupança pode ser mais vantajosa caso a taxa de administração deles supere os 2,50% ao ano.

Veja no quadro abaixo:

Prazo de Resgate

- taxa de adm de 0,5%

- taxa de adm de 1%

-taxa de adm de 1,5%

- taxa de adm de 2%

- taxa de adm de 2,5%

- taxa de adm de 3%

Acima de 2 anos - 0,82 - 0,77 - 0,73 - 0,69 - 0,65 - 0,61

Até 6 meses - 0,74 - 0,70 - 0,66 - 0,61 - 0,57 - 0,53

Entre 1 ano e 2 anos - 0,79 - 0,75 - 0,71 - 0,66 - 0,62 - 0,58

Entre 6 meses e 1 ano - 0,77 - 0,72 - 0,68 - 0,64 - 0,60 - 0,56

DEVO TIRAR MEU DINHEIRO DA POUPANÇA?

Por mais que existam instrumentos mais vantajosos, não é preciso sair correndo da poupança, diz Jayme Carvalho, da Planejar (Associação Brasileira de Planejamento Financeiro). Porém, a mudança para uma renda fixa mais rentável é recomendada caso seja possível fazer a troca.

"A poupança não é a melhor alternativa entre as rendas fixas, portanto é bom fazer uma migração. Mas ela não é de todo ruim", diz o especialista, que ressalta a familiaridade do brasileiro com a caderneta.

Caso o dinheiro investido na poupança seja sua reserva de emergência, Carvalho recomenda migrar para um CDB com liquidez diária com rentabilidade acima de 100% do CDI.

Mas atenção ao detalhe: ao sacar o dinheiro da poupança, é preciso conferir qual a data de aniversário da sua caderneta para não perder a rentabilidade de um mês inteiro, caso você saque antes deste dia.

Leia Também: BC reduz Selic em 0,5 ponto, a 12,75%, e reforça importância de cumprir meta fiscal

Campo obrigatório