Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Macron diz que seria 'louco' fechar acordo Mercosul-UE sem ajustes no texto

Na avaliação do líder francês, o país não é "louco" de fechar um tratado que contempla pontos divergentes em relação à atual política da nação europeia

Macron diz que seria 'louco' fechar acordo Mercosul-UE sem ajustes no texto
Notícias ao Minuto Brasil

07:46 - 29/03/24 por Estadao Conteudo

Economia Macron

O presidente da França, Emmanuel Macron, voltou a criticar a atual redação do acordo Mercosul-União Europeia e a desatualização do tratado em relação às diretrizes de sustentabilidade. Na avaliação do líder francês, o país não é "louco" de fechar um tratado que contempla pontos divergentes em relação à atual política da nação europeia.

"Esses acordos são um freio em relação a o que estamos fazendo para retirar o carbono das economias e para lutar em prol da biodiversidade. Nós, europeus, temos o texto mais exigente do mundo em relação a desmatamento e descarbonização", disse em declaração à imprensa após reunião bilateral com o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira, 28.

"Pedimos aos nossos agricultores, industriais que façam transformações históricas. Mas se os nossos textos dizem: 'Vamos abrir para produtos que não respeitam estes acordos'? Somos loucos? Não vai funcionar", acrescentou o líder francês.

Macron reiterou a crítica e disse que "somos todos loucos" pelo fato de ambos os blocos insistirem em acordos como eram feitos há anos. "Quero recordar aqui que esse texto entre União Europeia e Mercosul é de um acordo negociado e preparado há 20 anos. Estamos só fazendo pequenas alterações. Estamos loucos continuando nessa lógica e paralelamente dizendo no G20 e na COP, biodiversidade, vamos fazer isso, fazer aquilo", afirmou.

Leia Também: Lula concede a Macron a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul

Leia Também: Alckmin diz a Macron que compromisso do Brasil na Amazônia é com desmatamento zero

Campo obrigatório