Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

CBF confirma que Brasileirão terá VAR, aprovado por unanimidade

Como já havia sido anunciado pela própria entidade, os custos para o uso da tecnologia serão bancados pelo órgão que controla o futebol naciona

CBF confirma que Brasileirão terá VAR, aprovado por unanimidade
Notícias ao Minuto Brasil

17:04 - 22/02/19 por Estadao Conteudo

Esporte Tecnologia

O Campeonato Brasileiro de 2019 terá árbitro de vídeo. A definição aconteceu na tarde desta sexta-feira durante reunião de clubes na sede da CBF, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Como já havia sido anunciado pela própria entidade, os custos para o uso da tecnologia serão bancados pelo órgão que controla o futebol nacional. A aprovação da utilização do chamado VAR foi por unanimidade.

Ao assumir a conta, a entidade evitou que a competição mais uma vez ficasse sem o uso do vídeo, implantado com (relativo) sucesso na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, e que agora passará a ser usado também no Paulistão (a partir das quartas de final na atual edição do torneio). Isso porque, no Brasileirão de 2018, o árbitro de vídeo só não foi usado porque vários clubes não quiseram bancar os custos de sua utilização.

+ Douglas, ex-Corinthians e Grêmio, assina contrato com o Avaí

Naquela ocasião, a CBF propôs que os clubes pagassem pela implantação desta tecnologia, mas representantes de 12 times (Corinthians, Santos, América-MG, Cruzeiro, Atlético-MG, Atlético-PR, Paraná, Vasco, Fluminense, Sport, Vitória e Ceará) votaram contra o uso do VAR nesta condição.

Já Flamengo, Botafogo, Bahia, Chapecoense, Palmeiras, Grêmio e Internacional foram favoráveis à adoção da arbitragem de vídeo. O São Paulo, outra equipe que disputou a edição passada do Brasileirão, foi a única que acabou não participando desta votação.

Em comunicado divulgado na noite da última quinta-feira, a entidade já havia adiantado que "assumirá, integralmente, os custos com tecnologia e infraestrutura, cabendo aos clubes apenas o pagamento das despesas com o capital humano, como ocorre, tradicionalmente, com as equipes de arbitragem".

Na mesma nota oficial, a CBF ressaltou que vai promover "uma campanha educativa em todas as competições nacionais pelo respeito à arbitragem e às regras do jogo". "O objetivo é garantir mais tempo de bola rolando, menos punições disciplinares e um melhor produto para o público", disse.

Representantes dos 20 clubes da Série A participam do Conselho Técnico que acontece nesta sexta na sede da CBF. A reunião deverá terminar no fim da tarde.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório