Ataque aéreo atinge mercado e deixa ao menos 25 mortos no Iêmen

O país vive guerra civil desde setembro de 2014, quando rebeldes derrubaram o governo internacionalmente reconhecido

© Folhapress
Mundo Coalizão árabe 13:16 - 18/06/17 POR Folhapress

Ao menos 25 civis morreram durante um ataque aéreo que atingiu um mercado no Iêmen neste domingo (18).

PUB

De acordo com a agência de notícias Associated Press, autoridades médicas iemenitas relataram que o ataque foi realizado pela coalização liderada pela Arábia Saudita. Os sauditas combatem os rebeldes xiitas houthi na região.

As vítimas são da cidade de Sheda e estavam na província de Saada, perto da fronteira com a Arábia Saudita. A província -um dos redutos rebeldes no Iêmen- tem sido bombardeada intensamente pela coalização árabe desde março de 2015.

Segundo testemunhas, o mercado atacado servia de base para o tráfico de khat [uma planta estimulante comum na África], cujo consumo é proibido na Arábia Saudita. Traficantes de khat também teriam sido mortos.

O Iêmen vive guerra civil desde setembro de 2014, quando rebeldes derrubaram o governo internacionalmente reconhecido. A coalização dirigida pelos sauditas e apoiada pelos Estados Unidos combate o grupo rebelde, que supostamente conta com o apoio do Irã.

O conflito já deixou cerca de 8 mil mortos, sendo a maioria civis, e mais de 44 mil feridos. Com informações da Folhapress.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X