Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Prazo para decidir comprar dose extra de vacina vai até 30/5, diz Élcio Franco

Em entrevista à rádio CBN nesta quinta-feira (28), Franco disse: "Podemos tomar essa decisão semana que vem ou até o dia 30 de maio, porque continuamos negociando com outros laboratórios

Prazo para decidir comprar dose extra de vacina vai até 30/5, diz Élcio Franco
Notícias ao Minuto Brasil

08:54 - 28/01/21 por Estadao Conteudo

Brasil CoronaVac

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, afirmou que o prazo contratual para que a pasta se manifeste sobre a compra de doses excedentes da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, é de até 30 dias após a entrega do último lote e o término do contrato entre Butantan e ministério, previsto para acontecer até o dia 30 de abril. Em entrevista à rádio CBN nesta quinta-feira (28), Franco disse: "Podemos tomar essa decisão semana que vem ou até o dia 30 de maio, porque continuamos negociando com outros laboratórios".

Franco voltou a reforçar que o Instituto Butantan tem um contrato de exclusividade no fornecimento das doses da vacina Coronavac com o governo federal, o que impediria a instituição de vender vacinas a outros fornecedores e outros países. "Nós temos um contrato de exclusividade com o Instituto Butantan, e antes de nós falarmos em vender doses é importante que cumpramos o objeto do contrato que nós temos", afirmou.

Leia Também: Saúde prometeu 300 milhões de vacinas, mas conseguiu apenas 2 milhões, diz Doria

Na quarta-feira, 27, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, cobrou rapidez do governo federal em dizer se aceita adquirir doses adicionais da vacina. O Butantan tem contrato firmado com a União para o fornecimento de 46 milhões de doses e oferece suprir outras 54 milhões. Segundo Covas, caso o ministério decline da oferta, o instituto deve oferecer a vacina a outros países interessados, a começar pela Argentina.

Campo obrigatório