Meteorologia

  • 02 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

MEC recebe críticas após "clarear" pele de aluna negra

Em nota, o MEC, que fez o post para homenagear a menina, rebate as acusações

MEC recebe críticas após "clarear" pele de aluna negra
Notícias ao Minuto Brasil

16:05 - 31/05/16 por Notícias Ao Minuto

Brasil Rede Social

O Ministério da Educação (MEC) está recebendo uma chuva de críticas de usuários de redes sociais, após publicar no Facebook uma ilustração que representa uma estudante colégio Pedro II classificada para as Olimpíadas de Neurociência na Dinamarca. A aluna, que é negra, aparece um tanto embranquecida na imagem e com os traços da raça suavizados.

Em nota, o MEC, que fez o post para homenagear a menina, rebate as acusações. Segundo a pasta, a ilustração "é um complemento da matéria e teve o único propósito de fazer uma representação da aluna a partir da fotografia da mesma postada no site da rádio MEC, tanto que a ambientação da imagem é a mesma".

De acordo com a publicação do O Globo, Lorrayne Isidoro, de 17 anos, estuda na unidade do Engenho Novo do Pedro II, Zona Norte do Rio. Ela venceu a IV Olimpíada Brasileira de Neurociências (Brazilian Brain Bee), em São Paulo, depois de estudar muito, por conta própria e com a ajuda de professores.

Com a vitória, Lorrayne conquistou a única vaga para representar o Brasil na 16ª Olimpíada Internacional (2016 Brain Bee World Championship), na Dinamarca. Sem dinheiro e com custos da viagem estimados em R$ 15 mil, Lorrayne criou uma vaquinha on-line, com a qual conseguiu quase quatro vezes mais que o necessário em apenas cinco dias.

Campo obrigatório