Meteorologia

  • 16 JULHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Debilitado: João Gilberto não é citado em ação movida pela filha

Músico recebeu a visita de oficiais da Justiça, mas não teria entendido "natureza do ato citatório"

Debilitado: João Gilberto não é citado em ação movida pela filha
Notícias ao Minuto Brasil

11:59 - 17/04/18 por Notícias Ao Minuto

Cultura Justiça

João Gilberto não será citado na ação de interdição movida pelos filhos, na Justiça do Rio de Janeiro. Visitado por oficiais de Justiça, em um apartamento na Gávea, o pai da Bossa Nova, não conseguiu "entender a natureza do ato citatório". Desde novembro, a filha Bebel Gilberto conseguiu o direito de assinar contratos e movimentações financeiras pelo pai. A chamada curatela, no entanto, foi concedida provisoriamente e expirou em março. Agora, Bebel, tenta a curatela definitiva.

Em documento assinado pela oficial Renata Milanez, publicado pelo colunista Lauro Jardim, o cantor e compositor de 86 anos estaria tão debilitado que não percebeu o teor da visita: "após as apresentações, conversamos com o senhor João Gilberto, quando realizamos diversas indagações que nos levaram a concluir que, aparentemente, naquele momento, ele não tinha condições de ter entendimento da natureza do ato citatório".

+ Dona Ivone Lara deixou cerca de 40 músicas inéditas

O texto foi enviado ao juiz Renato Lima Charnaux Sertã, da 5ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio de Janeiro, responsável pela ação de impedimento movida por Bebel, o irmão João Marcello contra Claudia Faissol, mãe de Luiza, a filha mais nova do cantor. Segundo Lauro Jardim, uma quarta pessoa estaria no centro da celeuma judicial, a portuguesa Maria do Céu, que declarou à Justiça, ser a nova companheira do músico.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório