Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

IBGE mostra que PIB cresce há 8 trimestres consecutivos; alta no 1º semestre é de 3,7%

Segundo o IBGE, o PIB alcançou o maior patamar da série histórica, iniciada em 1996, e está 7,4% acima do patamar pré-pandemia, do quarto trimestre de 2019.

IBGE mostra que PIB cresce há 8 trimestres consecutivos; alta no 1º semestre é de 3,7%
Notícias ao Minuto Brasil

07:25 - 02/09/23 por Estadao Conteudo

Economia PIB

A alta de 0,9% no Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre de 2023 ante o quarto trimestre de 2022 foi a oitava seguida na série com ajuste sazonal, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB cresceu 3,7% no primeiro semestre do ano.

Ainda segundo o IBGE, o PIB alcançou o maior patamar da série histórica, iniciada em 1996, e está 7,4% acima do patamar pré-pandemia, do quarto trimestre de 2019.

A igual alta de 0,9% no PIB da indústria no segundo trimestre do ano ante o primeiro foi a mais acentuada desde o segundo trimestre de 2022, quando o segmento cresceu 1,2%, segundo o IBGE. No primeiro trimestre, a indústria havia ficado estável (0,1%) ante os últimos três meses de 2022.

O PIB de Serviços, que avançou 0,6% no segundo trimestre, completou 12 trimestres sem variações negativas. O comportamento repete o verificado pelo IBGE no primeiro trimestre (0,6%).

O consumo das famílias, que cresceu 0,9% no segundo trimestre contra o primeiro, teve a alta mais acentuada desde o segundo trimestre de 2022 (1,6%).

Já a alta de 0,7% no Consumo do Governo na mesma base de comparação é a mais acentuada desde o terceiro trimestre do ano passado (1,5%).

Outro destaque foi a alta de 4,5% nas importações no segundo trimestre contra o primeiro, a mais acentuada desde o terceiro trimestre de 2022 (5,2%). As importações se recuperam após duas quedas seguidas.

Por fim, as exportações, que subiram 2,9% na margem no segundo trimestre, se reaproximaram do crescimento verificado no fim de 2022 (3,5%), após terem crescido apenas 0,3% nos três primeiros meses deste ano.

Leia Também: Polícia Federal pede busca contra ministro de Lula, mas Barroso nega

Campo obrigatório