Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2017
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

Atriz volta ao Twitter após ter conta suspensa por criticar produtor

Rede social afirma que conta foi suspensa pois um número de telefone particular foi divulgado

Atriz volta ao Twitter após ter conta suspensa por criticar produtor
Notícias ao Minuto Brasil

06:06 - 13/10/17 por Folhapress

Fama HARVEY WEINSTEIN

A atriz norte-americana Rose McGowan, uma das mais engajadas nas redes sociais após as acusações de assédio contra o produtor cinematográfico Harvey Weinstein ganharem destaque, anunciou que teve o acesso à sua conta no Twitter suspensa temporariamente na noite de quarta-feira (11).

McGowan fez o anúncio no Instagram, pelo qual publicou uma imagem enviada pelo Twitter, que diz que ela violou as regras de conduta do site e, por isso, teria acesso limitado à sua conta por 12 horas. Na legenda, ela diz: "o Twitter me suspendeu. Vozes poderosas estão a trabalho. Seja a minha."

+ Delevingne e Léa Seydoux acusam Weinstein de assédio sexual

Por meio do perfil @TwitterSafety, a empresa afirmou que a conta foi suspensa, pois um número de telefone particular foi divulgado. "Nós entramos em contato com a equipe de McGowan. Gostaríamos de explicar que sua conta foi temporariamente bloqueada porque um de seus tuítes continha um número de telefone particular, o que viola os nossos termos de serviço."

O tuíte foi apagado e McGowan teve o acesso normalizado na manhã desta quinta-feira (12). Assim que teve sua conta de volta, a atriz respondeu no próprio comunicado alfinetando a rede social: "Quando uma guerra nuclear vai violar os seus termos de serviço?".

A suspensão da conta de McGowan causou comoção e irritação entre seus colegas de Hollywood, que questionaram a empresa. "Hey, @Twitter, nos conte qual dessas regras a @rosemcgowan violou. Perguntando por muitas vítimas de violência sexual", disse a atriz já indicada ao Oscar Jessica Chastain.

"E agora ISSO? Vocês permitem liberdade no Twitter para o nosso presidente, mas silenciam uma mulher que fala sobre assédio sexual?", questionou a atriz e escritora Jamie Lee Curtis.

Paul Feig, criador da série Freaks and Geeks, também mencionou o presidente norte-americano Donald Trump em sua crítica: "Wow, jura, @Twitter? ESSA é a conta que vocês suspendem em vez do Trump, que ameaçou sumir com outro país? Me suspenda também, por favor". Com informações da Folhapress.

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório