Morre jovem agredido com enxada em SP; PMs são afastados

Gabriel Alberto Tadeu Paiva, de 16 anos, foi supostamente agredido por policiais militares

© SDS/SP
Justiça Zona Sul 22:04 - 21/04/17 POR Folhapress

O estudante Gabriel Alberto Tadeu Paiva, de 16 anos, morreu por volta das 20h30 desta quinta-feira (20) no Hospital Regional Sul, em Santo Amaro. Supostamente agredido por policiais militares com um pedaço de enxada neste domingo (16) durante um pancadão na Cidade Ademar (zona sul de São Paulo), o adolescente estava em coma e não resistiu a um coágulo no cérebro.

PUB

A mãe, Zilda de Paiva, 46, afirma que vai cobrar justiça. "Havia testemunhas e a intenção dos policiais era clara: matar meu filho", afirmou.

A Secretaria da Segurança Pública, sob gestão de Geraldo Alckmin (PSDB), afirma que um inquérito policial foi instaurado e que a Corregedoria da PM (Polícia Militar) apura o caso.

Os PMs envolvidos na agressão foram afastados do serviço operacional e a Polícia Civil também investiga o caso por inquérito policial instaurado pelo 80º DP (Vila Joaniza).

Leia também: Professora é amarrada à própria cama e assassinada na Bahia

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X