Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Câncer: Sintoma (ruidoso) que muitos desvalorizam e não deviam

O sangramento ao tossir também é um sinal de alerta preocupante

Câncer: Sintoma (ruidoso) que muitos desvalorizam e não deviam
Notícias ao Minuto Brasil

09:24 - 13/06/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Lifestyle Câncer de larinje

Existem diversos indícios que podem indicar a presença de câncer. No caso de pacientes com tumores malignos na cabeça e no pescoço, por exemplo, a rouquidão na voz pode ser um sintoma de câncer na laringe, principalmente em pessoas que fumam e consomem álcool em excesso.

"Ter um câncer em estágio avançado pode afetar a fala e a respiração", explicou o oncologista Rodrigo Nery, da Oncologia D’Or, ao jornal Metrópoles. Segundo o médico, os pacientes podem perceber um ruído ao respirar, como se estivessem "respirando por um canudo".

No entanto, Rodrigo Nery ressalta que nem sempre esse ruído é um sinal da doença. Ele também pode ser causado por outros problemas, como laringite, edema na glote ou coqueluche, que pode levar ao estreitamento do órgão.

O sangramento ao tossir também é um sinal de alerta preocupante. "Embora não seja tão comum, pode ocorrer um pequeno sangramento", afirma o médico.

Aqui estão outros sintomas de câncer na laringe aos quais, de acordo com o médico, se deve prestar atenção:

Dor de garganta;
Rouquidão;
Alteração na voz que não desaparece;
Dificuldade para engolir;
Presença de uma massa no pescoço ou na garganta.

Câncer de Laringe

O câncer de laringe é mais frequente em homens com mais de 40 anos e é um dos tipos mais comuns de câncer na região da cabeça e pescoço. Representa aproximadamente 25% dos tumores malignos nessa área e 1,2% de todas as doenças malignas.

Esse tipo de câncer pode se desenvolver em uma das três partes da laringe: supraglote, glote e subglote. Cerca de dois terços dos tumores surgem nas cordas vocais verdadeiras, localizadas na glote, enquanto um terço afeta a região supraglótica (acima das cordas vocais). O tipo histológico mais comum, presente em mais de 90% dos pacientes, é o carcinoma de células escamosas.

Leia Também: Como superar o fim de relacionamento, segundo especialistas

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório