Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Dormir emagrece? Entenda como o sono interfere na perda de peso

Enquanto dormimos o organismo continua consumir energia e a queimar calorias...

Dormir emagrece? Entenda como o sono interfere na perda de peso
Notícias ao Minuto Brasil

19:06 - 20/02/19 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle Bons sonhos

A qualidade do sono é fundamental para o emagrecimento e também para o crescimento muscular (hipertrofia).

É mais fácil entender como dormir ajuda a emagrecer tendo em conta os efeitos negativos que o organismo sofre quando não descansamos o suficiente.

Dormir pouco pode afetar o apetite, o humor, a disposição para praticar exercício, desencadeando muitos outros problemas para a saúde, que vão além do peso, como, por exemplo, a obesidade, diabetes e hipertensão.

+ Excesso de exercícios físicos pode causar colapso no seu coração

Além disso, quando estamos cansados, o cérebro tem tendência a tomar decisões erradas. O lobo frontal desse órgão, fundamental para que algo seja decidido e para o controle de impulsos, fica prejudicado.

Com o centro de recompensa cerebral exausto, o organismo sente necessidade de consumir e absorver açúcar em excesso, de modo a obter energia.

Segundo um estudo publicado pelo periódico científico American Journal of Clinical Nutrition, quando o organismo está esgotado devido à falta de sono, estamos mais vulneráveis e exercemos pouco controle no que diz respeito à nossa alimentação.

+ Saiba usar o sal como aliado na limpeza da casa

Ou seja, podemos acabar por adquirir hábitos nocivos como petiscar durante a noite.

No caso de um estudo realizado pela Universidade de Chicago, os participantes que apresentavam privação de sono optaram por aperitivos com duas vezes mais gordura do que aqueles que mantinham uma rotina de dormir pelo menos oito horas diariamente.

Também há estudos que mostram uma relação muito direta entre pessoas que dormem menos e a maior probabilidade de se tornarem obesos, já que esse é um fator que interfere na produção de hormônios responsáveis pelo aumento da fome e do apetite, assim como interfere na escolha dos alimentos.

Por isso, como forma de prevenção e tratamento, os profissionais de saúde incentivam ativamente os pacientes a buscar uma melhor qualidade de sono – entre sete a nove horas por noite.

Leia também: Feijão encareceu? Invista na massa! Veja receita com frango e legumes

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório