Assange iniciará negociações com governo do Reino Unido

Fundador do WikiLeaks espera poder deixar embaixada do Equador

© REUTERS/Neil Hall
Mundo wikileaks 14:13 - 19/06/17 POR Ansa

O fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange, deve iniciar em breve uma negociação direta com o governo do Reino Unido que pode permitir que o jornalista deixe o prédio da embaixada do Equador em Londres, onde vive como refugiado desde 2012.

PUB

De acordo com a imprensa local e com membros da equipe de Assange, o australiano teria até adiado um discurso que faria do balcão da embaixada para não comprometer as negociações. Os advogados de Assange disseram estar "otimistas" com a possibilidade de uma "solução que garanta o respeito das leis britânicas e da liberdade e dignidade" do jornalista.

Assange vive no prédio da embaixada equatoriana em Londres desde 2012, fugindo de um processo judicial na Suécia por crimes sexuais e pelo qual ele poderia ser extraditdo e até enviado aos Estados Unidos, onde é acusado de vazar dados sigilosos.

Mas a Procuradoria sueca arquivou a investigição no mês passado, o que abre uma possibilidade de Assange deixar a embaixada. O australiano sempre negou as acusações de estupro e se diz perseguido por ter revelados documentos secretos do governo norte-americano. (ANSA)

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X