Meteorologia

  • 22 ABRIL 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

OTAN: ataque dos EUA e aliados à Síria foi sinal para Rússia e Irã

Secretário-geral está em visita à Turquia

OTAN: ataque dos EUA e aliados à Síria foi sinal para Rússia e Irã
Notícias ao Minuto Brasil

08:09 - 16/04/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo opinião

O ataque dos EUA, França e Reino Unido à Síria foi um claro sinal para o presidente Bashar Assad, Rússia e Irã, declarou o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, durante visita à Turquia. No sábado passado (14), EUA, França e Reino Unido lançaram ataques aéreos contra a Síria em resposta ao alegado uso de armas químicas nos arredores de Damasco, em Douma.

Os aliados dispararam mais de 100 mísseis, mas a maioria foi interceptada pelos sistemas sírios de defesa antiaérea. As forças russas não participaram da intercepção, mas monitoraram todos os lançamentos.

+ Brasileiro lidera equipe que investiga ataque químico na Síria

"A operação visava diminuir capacidades de Damasco de usar armas químicas, cuja investigação da ONU foi interrompida pela Rússia. Trata-se de um sinal claro para o regime de Assad, Rússia e Irã", disse Stoltenberg em entrevista ao canal NTV.

Porém, o secretário-geral da OTAN sublinhou que a Aliança não se opôs ao diálogo político com Moscou.

Stoltenberg também aplaudiu o apoio da Turquia ao recente ataque. "Recebemos com prazer o apoio que a Turquia deu à operação [na Síria]", acrescentou o chefe da Aliança. Os Estados Unidos e aliados justificaram o ataque ao território sírio pelo fato de o governo do país ter realizado um ataque químico na cidade de Douma. A Rússia, por sua parte, qualifica a operação como ato de agressão, pois nem especialistas militares russos nem residentes de Douma não confirmaram o fato do alegado ataque químico. Com informações da Sputnik News Brasil. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório