Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Vice-presidente do Equador renuncia ao cargo após denúncia de corrupção

Maria Alejandra Vicuña teria cobrado doações de ex-assessor

Vice-presidente do Equador renuncia ao cargo após denúncia de corrupção
Notícias ao Minuto Brasil

09:15 - 05/12/18 por Ansa

Mundo acusação

A vice-presidente do Equador, María Alejandra Vicuña, renunciou ao cargo nessa terça-feira (4) após ser denunciada por corrupção.

A acusação diz respeito a uma cobrança ilegal de doações a um ex-assessor entre 2011 e 2013, período em que ela exerceu o cargo de deputada federal. Vicuña anunciou sua decisão no Twitter e disse que não permitirá que o caso crie uma instabilidade no governo ou rumores de uma possível renúncia do presidente Lenín Moreno.

+ Macri confirma que virá para a posse de Bolsonaro em janeiro

"O país não merece essa instabilidade e, por isso, apresento a renúncia ao meu cargo como vice-presidente", escreveu Vicuña.

Moreno encarregou o secretário-geral da Presidência, José Augusto Briones, como vice-presidente interino.

De acordo com a denúncia do ex-assessor Ángel Sagbay, a vice-presidente cobrou que ele fizesse depósitos regulares em uma conta pessoal dela, entre 2011 e 2013, como condição para que ele ficasse no cargo. Vicuña, por sua vez, nega qualquer irregularidade.

Ela assumira o cargo em outubro de 2017, no lugar de Jorge Glas, que foi detido preventivamente por ter se envolvido em um escândalo de corrupção com a empreiteira brasileira Odebrecht. (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório