Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

China exige do Canadá libertação de executiva da Huawei

Diretora da empresa foi detida em Vancouver a pedido da Justiça dos EUA; Pequim afirma que medida é "ilegítima"

China exige do Canadá libertação de executiva da Huawei

O vice-ministro das Relações Exteriores da China, Le Yucheng, convocou neste sábado (8) o embaixador do Canadá em Pequim para protestar contra a prisão da diretora financeira da fabricante de smartphones Huawei, Meng Wanzhou.

Segundo a emissora local "CGTN", o vice-chanceler disse que o país norte-americano enfrentará "sérias consequências se não libertar" a executiva. Pequim afirma que a detenção de Meng é "ilegítima".

+ Corpo de brasileira desaparecida é encontrado em praia na Austrália

A diretora da Huawei foi presa em Vancouver, a pedido da Justiça dos Estados Unidos, onde é acusada de violar as sanções contra o Irã. A empresa chinesa é a maior fabricante de equipamentos de telecomunicações e a segunda maior produtora de smartphones do mundo.

A prisão acontece em plena guerra comercial entre EUA e China, mas em um momento de trégua entre os dois países, que buscam um acordo para evitar uma nova escalada tarifária. Nações como EUA e Austrália já impuseram restrições aos serviços da Huawei por temor de espionagem. (ANSA)

Campo obrigatório