Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Câmara apurará suposta ordem de Trump para advogado mentir

Se a acusação for comprovada, poderia se configurar a hipótese de obstrução de Justiça, o que abriria caminho para um eventual processo de impeachment

Câmara apurará suposta ordem de Trump para advogado mentir
Notícias ao Minuto Brasil

15:03 - 18/01/19 por Ansa

Mundo INVESTIGAÇÃO

O Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes abrirá uma investigação sobre a suposta ordem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para seu ex-advogado Michael Cohen mentir ao Congresso.

A denúncia foi feita pelo site BuzzFeed e pode complicar a situação do magnata republicano. "A acusação segundo a qual o presidente pode ter instigado ao perjúrio perante nossa comissão, na tentativa de limitar os inquéritos e cobrir suas relações comerciais com a Rússia, é uma das mais graves até hoje", disse o presidente do comitê, o democrata Adam Schiff.

+ Ex-advogado de Trump admite pagamento a atriz pornô

+ Justiça dos EUA condena ex-advogado de Trump a 3 anos de prisão

"Faremos o que for necessário para descobrir se é verdade", acrescentou. Se a acusação for comprovada, poderia se configurar a hipótese de obstrução de Justiça, o que abriria caminho para um eventual processo de impeachment.

A abertura do procedimento de afastamento cabe à Câmara, de maioria democrata, mas o impeachment precisaria do aval do Senado, nas mãos dos republicanos.

Presidente nega acusações

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou no Twitter que seu ex-advogado Michael Cohen "mente para reduzir sua pena". Essa foi a primeira reação do mandatário à acusação de que ele teria mandado Cohen cometer perjúrio no Congresso. (ANSA)

LEIA TAMBÉM: Ex-advogado pessoal de Trump faz acordo em investigação sobre fraude

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório