PT paga viagens e empresa da Lava Jato com Fundo Partidário

Em 2015, o fundo distribuiu R$ 867 milhões aos partidos, sendo R$ 116,2 milhões para o PT, R$ 95 milhões para o PSDB e R$ 92 milhões para o PMDB.

© Reuters
Política gastos 12:06 - 18/10/16 POR Notícias Ao Minuto

O PT usou recursos do fundo partidário para pagar R$ 6,4 milhões à agência de comunicação Pepper Comunicação Interativa, investigada pela Lava Jato, e ao menos R$ 115,7 mil para custear passagens e hospedagens para seus dirigentes e militantes no exterior.

PUB

A Pepper é investigada pela PF na Operação Acrônimo da Lava Jato, que apura um esquema de desvio de recursos públicos para o financiamento da campanha eleitoral de Fernando Pimentel (PT) ao governo de Minas Gerais em 2014.

Entre as passagens e diárias de hotel pagas pelo PT com dinheiro do fundo estão viagens para Havana, capital de Cuba, para a Conferência do Clima em Paris e para reuniões do Foro de São Paulo, na Cidade do México. Os partidos são autorizados a usar recursos em viagens, mesmo que para o exterior, mas é necessário que as viagens tenham relação com a ação desempenhada pelas legendas.

De acordo com o UOL, em 2015, o fundo distribuiu R$ 867 milhões aos partidos, sendo R$ 116,2 milhões para o PT, R$ 95 milhões para o PSDB e R$ 92 milhões para o PMDB.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X