Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Após revelação de depoimento à PF, Temer se encontra com a filha em SP

Maristela Temer disse a investigadores que o pai indicou o coronel Lima para ajudá-la na reforma de sua casa

Após revelação de depoimento à PF, Temer se encontra com a filha em SP
Notícias ao Minuto Brasil

11:39 - 19/05/18 por Notícias Ao Minuto

Política Repercussão

A psicóloga Maristela Temer, filha do presidente Michel Temer, afirmou, em depoimento à Polícia Federal no dia 14 de maio, que seu pai indicou o coronel da Polícia Militar João Baptista Lima Filho para ajudá-la na reforma de sua casa, em 2014.

A informação veio à tona ontem (18), quando foi divulgada a íntegra do depoimento. Neste sábado, Temer se encontrou com Maristela, em sua residência, na capital paulista, segundo o blog do Gerson Camarotti, no portal G1.

À polícia, a filha do presidente afirmou que "não possui e não guardou nenhum comprovante dos pagamentos e contratos eventualmente realizados" nas obras.

Já um dos fornecedores da reforma disse à PF que a mulher do coronel pagou cerca de R$ 100 mil em cheques caução, depois substituídos por dinheiro vivo nas datas dos vencimentos. As informações são da Folhapress.

+ Dirceu chora antes de ser preso e reforça que não fará delação

Em abril, Piero Cosulich, da Ibiza Acabamentos, relatou que todas as despesas tinham sido pagas em espécie por Maria Rita Fratezi.

A PF suspeita que o presidente Michel Temer tenha lavado dinheiro de propina em obras de familiares e também em transações imobiliárias.

O total do pedido feito para a reforma de Maristela foi parcelado inicialmente em quatro parcelas, segundo o empresário. Outros pagamentos foram realizados, no entanto, por causa de mudanças nos pedidos.

Entre as compras feitas pela filha do presidente estão porcelanato, banheira jacuzzi e torneiras. O depoimento foi dado à polícia no dia 3 de maio. "Que os pagamentos foram realizados em cheques "caução", não se recordando se em nome de Maria Rita ou de outra pessoa ou empresa, os quais eram trocados por Maria Rita por dinheiro, em espécie, quando da data de seu vencimento e em algumas ocasiões com um pequeno atraso", consta no termo de depoimento de Cosulish.

O dono da Ibiza disse não saber as razões pelas quais a mulher do coronel Lima realizava os pagamentos em dinheiro em espécie e que ela nunca comentou a origem dos recursos.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório