Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Flávio Bolsonaro deixará a presidência do PSL no Rio

Em nota, senador eleito informa que cumpriu sua missão e quer se dedicar ao cargo que ocupará no senado

Flávio Bolsonaro deixará a presidência do PSL no Rio
Notícias ao Minuto Brasil

19:30 - 29/01/19 por Notícias Ao Minuto

Política Troca

O senador eleito Flávio Bolsonaro vai deixar a presidência do PSL no Rio de Janeiro. O filho do presidente Jair Bolsonaro está no cargo desde que a família decidiu migrar do PSC para o PSL. À época, em 2018, ele assumiu o cargo interinamente, em um mandato que ia até o dia 30 de junho deste ano. No entanto, ele deve deixar o posto já em fevereiro.

"Já cumpri minha missão, que era estruturar o partido, em poucos meses, para a disputa eleitoral. No Rio, elegemos as maiores bancadas para a Assembleia Legislativa e para a Câmara dos Deputados. Agora, vou assumir a cadeira no Senado, onde tratarei das questões nacionais. Serei um defensor do Estado do Rio de Janeiro em Brasília", disse Flávio Bolsonaro, por meio de nota da sua assessoria.

+ Bolsonaro mantém prazos e volta a despachar nesta quarta do hospital

Como apurado pelo 'Globo', há quatro nomes entre os favoritos para a sucessão de Flávio: o empresário Paulo Marinho, 1º suplente de Flávio no Senado, o secretário de Ciência e Tecnologia do governo do Rio, Leonardo Rodrigues, o deputado federal Márcio Labre e a deputada estadual Alana Passos. Como explica a publicação, a decisão deve acontecer por consenso entre os líderes do partido, incluindo o presidente Jair Bolsonaro.

+ Queiroz quer depor por escrito; apuração deve ser retomada nesta sexta

Ainda de acordo com a reportagem, o afastamento antecipado do cargo seria para preparar a defesa no caso revelado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que expõe movimentações financeiras atípicas em sua conta e na de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Campo obrigatório