Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Covid-19: Google aloca 729,3 ME para apoios devido à pandemia

O grupo detalhou depois que, deste valor, 250 milhões de dólares (227,9 milhões de euros) serão usados em "espaço publicitário 'online' para ajudar a Organização Mundial de Saúde (OMS)

Covid-19: Google aloca 729,3 ME para apoios devido à pandemia
Notícias ao Minuto Brasil

13:00 - 29/03/20 por Notícias Ao Minuto

Tech Covid-19

A Google vai alocar 800 milhões de dólares (729,3 milhões de euros) em apoios a pequenas e médias empresas (PME), governos, organizações e profissionais de saúde, para fazer face à pandemia de covid-19, adiantou hoje a empresa. "À medida que o surto do coronavírus continua a agravar-se em todo o mundo, tem causado um impacto devastador em vidas e comunidades. Para ajudar a enfrentar alguns destes desafios anunciamos hoje um novo compromisso de mais de 800 milhões de dólares para apoiar pequenas e médias empresas (PME), organizações de saúde e governos e os profissionais de saúde na linha da frente desta pandemia global", adiantou a gigante tecnológica.

O grupo detalhou depois que, deste valor, 250 milhões de dólares (227,9 milhões de euros) serão usados em "espaço publicitário 'online' para ajudar a Organização Mundial de Saúde (OMS) e mais de 100 agências governamentais de todo o mundo a disponibilizar informações importantes sobre como prevenir a disseminação da covid-19 e outras medidas para ajudar as comunidades locais".

Além disso, o grupo está a disponibilizar 20 milhões de dólares (18,2 milhões de euros) "em espaço publicitário, especificamente para anúncios de serviço público sobre fundos de ajuda e de outros recursos para PME" e conta com um fundo de investimento da ordem dos 200 milhões de dólares (182,3 milhões de euros) para apoiar organizações não governamentais e instituições financeiras em todo o mundo, com o objetivo de "facilitar o acesso a crédito para pequenos negócios".

O grupo deu ainda conta de crédito de 340 milhões de dólares (309,8 milhões de euros) em créditos para Google 'ads' (anúncios na plataforma) para todas as PME "com contas ativas ao longo do último ano".

"As notificações com créditos irão aparecer nas suas contas Google 'ads' e poderão ser utilizadas até final de 2020 nas nossas plataformas de publicidade. Esperamos que possa ajudar a aliviar alguns dos custos para se manterem em contacto com os seus clientes", lê-se no comunicado.

A tecnológica prometeu ainda 20 milhões de dólares (18,2 milhões de euros) em créditos Google 'cloud' para instituições académicas e investigadores "na procura e estudo de potenciais terapêuticas e vacinas, análise de dados críticos e identificação de novas formas de combate à covid-19".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 540 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 25 mil.

Em Portugal, registaram-se 76 mortes, mais 16 do que na véspera (+26,7%), e 4.268 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 724 novos casos em relação a quinta-feira (+20,4%). 

Campo obrigatório