Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Demissões na Meta. "Destruíram a moral e confiança dos trabalhadores"

O fundador e CEO Mark Zuckerberg dirigiu-se aos trabalhadores da empresa que escaparam das últimas demissões

Demissões na Meta. "Destruíram a moral e confiança dos trabalhadores"
Notícias ao Minuto Brasil

14:45 - 21/04/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Tech Meta

A empresa responsável pelo Facebook, Instagram e WhatsApp, a Meta, realizou esta semana uma nova rodada de demissões que, supostamente, resultou na saída de 4 mil pessoas.

Foi com relação a essa decisão que o fundador e CEO Mark Zuckerberg se dirigiu aos trabalhadores em uma reunião, assumindo a responsabilidade pela decisão. "Estamos em um mundo diferente e tivemos que fazer algumas mudanças. Mas eu tomei essas decisões", declarou Zuckerberg, reconhecendo a "raiva e frustração" dos trabalhadores.

De acordo com o site Vox, Zuckerberg lamentou não ter conseguido prever algumas tendências mais cedo, mas que a "volatilidade sem precedentes" resultante do Covid-19, da macroeconomia e de guerras tiveram um impacto no negócio.

No entanto, essas declarações não parecem ter aplacado a raiva dos trabalhadores da Meta, que questionaram o CEO sobre o motivo de continuarem na empresa.

"Destruíram a moral e confiança na liderança de muitos bons trabalhadores que trabalham com intensidade. Por que devemos continuar na Meta?", questionou um dos trabalhadores, de acordo com a Reuters.

Vale ressaltar que esta pode não ter sido a última onda de demissões na Meta, com uma nova rodada prevista para o mês de maio.

Leia Também: Telegram pode ser suspenso por ignorar governo em caso sobre ameaças a escolas

Campo obrigatório