Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Empregada doméstica se muda para parto de gêmeas siamesas e pede ajuda

Suely Tavares e o marido tiveram de deixar o trabalho por causa da mudança do Tocantins para Goiás

Empregada doméstica se muda para parto de gêmeas siamesas e pede ajuda
Notícias ao Minuto Brasil

09:09 - 17/05/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil Alto risco

A empregada doméstica Suely Tavares, de 28 anos, teve um reviravolta em sua vida ao descobrir que estava grávida de gêmeas siamesas. Ela e o marido, o ajudante de pedreiro Jonhatan Rocha, de 23 anos, precisaram se mudar do Tocantins para Goiás por conta do parto de alto risco. A jovem, que está no setimo mês de gestação, já tem outros três filhos.

"É uma gravidez de risco. Estou muito ansiosa e preocupada. Estou curiosa para saber como será, não durmo mais de noite por ansiedade e por falta de posição", disse Suely.

+ Senado aprova SUS da segurança, e texto segue para avaliação de Temer

Como não conseguiu fazer uma ultrassonografia pela rede pública antes, Suely só descobriu que estava grávida de siameses no quinto mês. "Foi um baque. Fiquei nervosa, querendo entender o que era, não sabia nem o que era siameses", revelou.

De acordo com o G1, o casal se mudou para Goiânia pois o médico Zacharias Calil, do Hospital Materno Infantil, é especializado em casos de gêmeos siameses. A ressonância é essencial para definir, com mais precisão, a forma como as irmães estão unidas. No entanto, a jovem não conseguiu realizar o exame devido ao tamanho da barriga, que não cabe mais no aparelho.

"Cada uma possui um coração, mas em uma, o coração é muito menor. Como estão muito juntos, não dá para definir se há interligação entre eles", explicou Calil.

"É um caso extremamente complexo e com uma sobrevida pequena, agora é aguardar o nascimento para ver como será a sobrevida", completou o médico.

No dia 8 de abril, Suely e o marido se mudaram para a capital goiana e, por conta disso, precisaram deixar seus empregos. Hoje, estão abrigados na Casa de Apoio da Igreja Santo Expedito. O local recebe doações, que podem ser entregues na própria sede, localizada na esquina das ruas C-135 e C-149, no Setor Jardim América.

“Estou preocupada, preciso de ajuda, não tenho colchão para o berço, carrinho, roupinhas, fraldas, e elas podem nascer a qualquer momento”, disse a gestante.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório