Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Após resgate de Luisa Mell, Petz anuncia fim da venda de filhotes

Em vídeo, o presidente da empresa diz que se sente "orgulhoso" pelos 16 anos em que buscou um "processo mais controlado e ético" na comercialização de animais

Após resgate de Luisa Mell, Petz anuncia fim da venda de filhotes
Notícias ao Minuto Brasil

20:40 - 20/02/19 por Estadao Conteudo

Brasil repercussão

A apresentadora e ativista Luisa Mell comemorou o fim da venda de animais pela rede de pet shops Petz, anunciada na noite de terça-feira, 19. Ela também falou sobre o resgate de 1.707 cães de um canil em Piedade, no interior de São Paulo. 

"Ontem tive um dos dias mais difíceis da minha vida... Exploradores de animais inconformados em perder seus lucros tentaram invadir nosso centro de triagem para me agredir e roubar os cães (que foram confiscados pela polícia e entregues ao Instituto Luisa Mell)", afirmou Luisa em seu Instagram nesta quarta-feira, 20.

Ela ainda gravou o momento em que saiu do local: "Tô indo embora escoltada porque fui muito ameaçada de morte. Queriam me linchar". Luisa ainda fez questão de agradecer à Polícia Civil e à Polícia Militar do Estado de São Paulo pelos serviços prestados.

Petz encerra venda de filhotes

Em vídeo publicado nas redes sociais da Petz, Segio Zimerman, presidente e fundador da empresa, anunciou que a rede não venderá mais filhotes em suas lojas.

No vídeo, Sergio diz que se sente "orgulhoso" pelos 16 anos em que buscou um "processo mais controlado e ético" na comercialização de animais.

"Um dos canis que mantinha relações conosco sofreu denúncias de maus tratos. Isso nos incomodou muito. Me reuni com a equipe no final de semana para saber a possibilidade disso acontecer de novo. A equipe garantiu que era '99% seguro' o nosso processo."

"Ocorre que 99% não é 100%. Se tem a menor possibilidade disso acontecer de novo, então não serve. A partir de agora, as 82 lojas do grupo Petz espalhadas por todo o Brasil não comercializarão mais cães e gatos."

"O caso do canil de Piedade nos mostrou que, apesar de inúmeros esforços, não é possível garantir que todos os parceiros tenham a mesma preocupação que nós com o bem-estar animal."

Segundo o presidente, ainda há filhotes disponíveis nas lojas, mas "todo o resultado obtido com a venda desses filhotes será destinado à causa animal através das ONGs participantes do projeto Adote Petz.'

Por fim, ressalta que o "espaço para comercialização será destinado a ONGs e protetores independentes para feiras permanentes ou temporárias".

"Parabéns Petz pela importante atitude!", comemorou Luisa Mell em seu Instagram.

Ver esta publicação no Instagram

Ontem tive um dos dias mais difíceis da minha vida... exploradores de animais inconformados em perder seus lucros... tentaram invadir nosso centro de triagem, para me agredir e roubar os cães( que foram confiscados [email protected]ícia e entregues ao @institutoluisamell )Mas ao mesmo tempo tivemos esta grande vitória para a causa animal! Parabéns @petz pela importante atitude! Obrigada a todos os policiais, @policiacivil_sp @policiamilitarsp_oficial Ao Diogo Canjerana, Grupo tático gcm Ribeirão pires e a polícia ambiental por nos protegerem destes criminosos! Obrigada aos ativistas, q qd souberam q estavam tentando invadir e n estavam permitindo q nossos profissionais retirassem os animais do centro de triagem para colocarmos em nossos abrigos, foram imediatamente para lá ajudar! Em especial obrigada a Antilia Reis, Adriana Greco, Bia e @rafaviralata @anapaoladiniz #adote #adotei @portalvistase

Uma publicação partilhada por Luisa mell (@luisamell) a 20 de Fev, 2019 às 7:47 PST

Leia também: Luisa Mell revela ameaça de morte: 'Estão querendo me linchar'

+ Zé Loreto teria ficado com 3 atrizes de 'O Sétimo Guardião', diz site

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório