Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Witzel: 'Atiradores de elite já estão sendo usados contra traficantes'

"O protocolo é claro: se alguém está com fuzil, tem que ser neutralizado de forma letal", afirmou o governador do estado, em entrevista ao O Globo

Witzel: 'Atiradores de elite já estão sendo usados contra traficantes'
Notícias ao Minuto Brasil

07:05 - 31/03/19 por Notícias Ao Minuto

Brasil Rio de Janeiro

Os atiradores de elite da Polícia Civil do Rio de Janeiro já estão em atividade, matando suspeitos de tráfico nas favelas, segundo contou o governador Wilson Witzel, em entrevista ao O Globo.

"Os snipers são usados de forma absolutamente sigilosa. Eles já estão sendo usados, só não há divulgação. O protocolo é claro: se alguém está com fuzil, tem que ser neutralizado de forma letal", afirmou o governador do estado.

+ Quem são os atiradores de elite da gestão Witzel

+ Rondônia tem 22 barragens com alto potencial de dano ambiental e mortes

A prática foi uma das promessas de campanha de Witzel, mas é criticada por juristas e especialistas em segurança pública. O Ministério Público chegou a afirmar, ainda no ano passado, que denunciaria o governador se ele colocasse a proposta em prática.

Sobre a chance de pessoas inocentes serem atingidas pelos disparos, ele minimizou. "E algum morador foi atingido até agora? Não. A utilização de helicópteros é fundamental para coibir o tráfico. O que mais leva desespero a esses terroristas é aeronave sobrevoando a área deles. Porque aí eles não têm escapatória. Aí o que os bandidos fazem? Pegam moradores, botam fuzil na cara e falam assim: 'Vai lá e reclama. Vai lá e coloca fogo”, disse.

Questionado sobre a alta no número de mortos em confronto com a polícia, Witzel disse não ser uma preocupação. "Zero preocupação. Eu confio na polícia e tenho dito isso para eles. Quando eu acabei com a Secretaria de Segurança Pública, o objetivo era exatamente dar às polícias o protagonismo e o poder de decisão. Os criminosos provocam tiroteios, orquestram assaltos e arrastões exatamente para poder causar um certo pânico", afirmou.

Campo obrigatório