Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Em SP, Niall Horan reforça figura de bom moço como ex One Direction

Cantor se apresentou na noite desta terça-feira no Espaço das Américas

Em SP, Niall Horan reforça figura de bom moço como ex One Direction
Notícias ao Minuto Brasil

05:46 - 11/07/18 por Folhapress

Cultura show

Conhecido por seu carisma, o cantor, compositor e guitarrista irlandês Niall Horan, 24, se apresentou para uma plateia animada no Espaço das Américas, em São Paulo,  na noite desta terça (10).

Alçado à fama por ter integrado a boyband e fenômeno pop mundial One Direction (que está em um hiato por tempo indefinido), Horan está no país divulgando seu primeiro trabalho solo, "Flicker" (2017). Ele se apresentou no último domingo (8), no Rio de Janeiro.

Com os lançamentos de "Flicker", em outubro de 2017, e dos álbuns de Zayn Malik ("Mind of Mine") e Harry Styles ("Harry Styles"), o One Direction se igualou aos Beatles, que antes eram a única banda a ter três membros que alcançaram o primeiro lugar na parada da Billboard americana com trabalhos solos.

No novo trabalho, Horan se aproximou da sonoridade folk, sem deixar de lado pitadas do pop radiofônico que o consagrou. 

Acompanhado de cinco músicos homens no palco, o cantor vestia uma camiseta polo azul esverdeada e calça cinza. Com três minutos de atraso, ele abriu a apresentação com as batidas pop de "On the Loose".

+ Beyoncé e Jay Z serão destaque em show pelo centenário de Mandela

Revezando-se na guitarra e no violão, ele tocou "The Tide" e o hit" This Town", single lançado em setembro de 2016 e que estreou a carreira solo do artista.

"Obrigado, São Paulo", esboçou em um português treinado, para euforia do coro feminino que engatou em um "Niall, eu te amo". "Eu te amo", respondeu o irlandês. 

Sorridente e piadista, o cantor interagiu frequentemente com o público, reforçando a imagem carismática de seus tempos na boyband britânica. Nem seus companheiros de banda foram poupados das brincadeiras. O cantor tirou sarro da infecção alimentar do baixista ("há dois dias que ele não sai da cama") e do fato de o violinista fazer sucesso com as meninas brasileiras.

Um dos momentos mais introspectivos da apresentação foi com a faixa "Flicker", que dá nome ao disco. "É minha música preferida do álbum. Toda vez que a canto eu volto para o que eu estava sentindo no momento em que a compus", disse ele. Em seguida, pediu para que as pessoas guardassem os celulares ("esse pode ser o nosso momento") e fechassem os olhos. A plateia obedeceu em silêncio.

Com informações da Folhapress.Horan contou com a participação da cantora americana de country Maren Morris na música "Seeing Blind". A artista, conhecida pelos hits "The Middle" e "My Church", apareceu com a camiseta da seleção brasileira de futebol. Ela foi responsável pelo show de abertura. A certa altura, o músico trocou as cordas pelo teclado e tocou a canção "So Long", que acabou não entrando no disco. "Vocês são loucos, Brasil. Esta é a segunda vez que eu venho para cá em menos de oito meses. As pessoas são legais, a comida é boa. Não preciso de mais nada", disse rindo.O repertório também incluiu covers: "Dancing in the Dark", clássico de Bruce Springsteen ("meu artista preferido"), em uma versão que começou acústica e terminou agitada, e "Crying in the Club", hit da cantora pop cubano-americana Camila Cabello (ex-Fifth Harmony).Para a alegria da plateia (formada, majoritariamente, por meninas e adolescentes), o cantor também apresentou músicas do One Direction, como "Fool's Gold", do álbum "Four" (2014). Bem-humorado, Horan riu dos fãs que se anteciparam e cantaram o refrão antes da hora.Música mais famosa do álbum, "Slow Hands" apareceu no bis. Com uma bandeira do Brasil na mão, ele dançou e pulou pelo palco. "Obrigado por terem gastado o seu dinheiro com este show. Sei que neste ano vão ter outras apresentações incríveis e vocês decidiram vir aqui hoje", disse.O hit "Drag me Down", do disco "Made in the A.M." (2015), do One Direction, e a faixa "Mirrors" completaram a seleção. Repertório"On the Loose""The Tide""This Town""Paper Houses""You and Me""Dancing in the Dark" (cover de Bruce Springsteen)"Seeing Blind" (com participação de Maren Morris)"Flicker""Fool's Gold" (do One Direction)"Too Much to Ask""So Long""Since We're Alone""Fire Away""Crying in the Club" (cover de Camila Cabello)"On my Own"Bis"Drag me Down" (do One Direction)"Slow Hands""Mirrors"

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório