Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Grêmio supera Ypiranga nos pênaltis e segue atrás do hexa do Campeonato Gaúcho

A vaga só foi carimbada nas cobranças de pênaltis, quando venceu por 5 a 4, após 14 batidas - sete para cada lado - e duas defesas do jovem goleiro Adriel, que até pouco tempo era o terceiro goleiro do clube.

Grêmio supera Ypiranga nos pênaltis e segue atrás do hexa do Campeonato Gaúcho
Notícias ao Minuto Brasil

19:26 - 25/03/23 por Estadao Conteudo

Esporte Campeonato Gaúcho

O Grêmio é finalista do Campeonato Gaúcho e segue atrás do sexto título seguido do estadual. Mas para garantir sua presença na final, o time sofreu muito para vencer o Ypiranga, por 2 a 1, de virada, e devolver a derrota no jogo de ida em Erechim. A vaga só foi carimbada nas cobranças de pênaltis, quando venceu por 5 a 4, após 14 batidas - sete para cada lado - e duas defesas do jovem goleiro Adriel, que até pouco tempo era o terceiro goleiro do clube.

"Acho que foi justo porque nosso time sempre buscou a vitória. Depois, Deus me ajudou e consegui fazer duas defesas para irmos à decisão", comentou o goleiro, ainda vibrando com seu grande feito.

Mais de 39 mil torcedores foram até a Arena Grêmio, nestes sábado à tarde, e também se emocionaram com a sofrida conquista da vaga. Os gols saíram no segundo tempo. Mossoró abriu o placar aos sete minutos, num chute de longe e que desviou no caminho. Depois Thaciano e Bruno Alves marcaram de cabeça para o Grêmio.

Logo no início dos pênaltis, Reinaldo chutou na trave para o Grêmio e Gedeílson também para o Ypiranga. Depois Cristaldo, Bitello e Luis Suarez acertaram para o tricolor, enquanto Mossoró e Erick fizeram para o visitante, que perdeu em chute de Ralph e defendido por Adriel. O experiente Diego Souza poderia fechar a série e a disputa em 4 a 2, mas chutou na trave e permitiu o empate por 3 a 3 com o goleiro Caíque chutando muito forte.

Na disputa alternada, Bruno Alves e Gustavinho acertaram para o Grêmio, enquanto Ronald fez, porém, o chute de Jhonatan Ribeiro parou nas mãos de Adriel, o herói deste jogo semifinal. O Ypiranga caiu de pé, mesmo não tendo chegado à final como aconteceu o ano passado diante do próprio Grêmio.

O outro finalista vai sair no domingo, quando o Internacional recebe o Caxias no Beira-Rio, após o empate na ida por 1 a 1. Quem vencer fica com a vaga que pode ser definida nos pênaltis em caso de empate no tempo normal.

O JOGO

Mesmo debaixo de chuva, a torcida tricolor não perdeu o entusiasmo para empurrar o time à vitória. Mas em campo, o Grêmio trocou a necessária velocidade por muita precipitação. Tanto que não chegou em boas condições de finalização. O próprio uruguaio Luis Suárez tentou o gol em quatro vezes, mas só acertou uma vez quando o goleiro Caíque fez a defesa.

O Ypiranga mostrou um sólido sistema de marcação, com seus jogadores de meio-campo protegendo o setor defensivo e todos ajudando na marcação. Ficou claro que o time de Erechim foi até Porto Alegre com o regulamento debaixo do braço, afinal poderia empatar para ir à final do Gauchão.

Cada time perdeu um jogador muito cedo. O zagueiro Windson, que era dúvida antes do jogo, sentiu lesão e cedeu lugar para Ronaldo, aos nove minutos. O atacante Ferreira, do Grêmio, também se lesionou e saiu para a entrada de Zinho, aos 16 minutos.

Na volta do segundo tempo, Renato Gaúcho colocou o volante Thiago Santos no lugar do meia Everton Galdino, talvez, para tentar reforçar o setor de meio-campo. Sinônimo de gol, Luis Suárez era a esperança da torcida e fez sua primeira jogada aos quatro minutos, quando entrou na área pela esquerda e, sem ângulo, chutou em cima do goleiro Caíque. Dois minutos depois, lançado nas costas da defesa, ele tentou por cobertura, mas a bola subiu muito e passou bem acima do travessão.

O pior para o Grêmio aconteceu aos sete minutos, quando saiu o gol do Ypiranga. Bruno Alves saiu errado e a bola ficou com Mossoró que arriscou o chute de longe. Após desvio no zagueiro Bruno Uvini, a bola terminou no ângulo de Adriel: 1 a 0. A expectativa era para saber como o Grêmio reagiria emocionalmente. A torcida, logo, mostrou sua insatisfação, vaiando Thiago Santos sempre que ele pegava na bola.

Mas com a entrada de Thiago Santos, fixado na frente dos zagueiros, Thaciano passou a ter mais liberdade de encostar nos atacantes. E foi de Thaciano o gol de empate aos 15 minutos. Bitello, do lado direito, levantou pelo alto no meio da área e Thaciano se antecipou ao goleiro Caíque para tocar de cabeça para as redes.

Caíque se recuperou da falha aos 19 minutos, quando fez grande defesa após chute à queima roupa de Suárez. Depois o goleiro brilhou ao dar um tapa no alto e afastar uma bola chutada por cobertura de Suárez, aos 22 minutos. Em seguida, Renato Gaúcho arriscou tudo ao colocar em campo dois jogadores que não tinham condições de atuar mais do que meio-tempo. O atacante Diego Souza entrou no lugar de Vina e Cristaldo na vaga de Thiago Santos, que jogou apenas 23 minutos.

O Grêmio foi empurrando o Ypiranga para seu campo de defesa e chegou à virada aos 32 minutos, de novo de cabeça. Do lado esquerdo, Reinaldo fez o levantamento em curva, Thaciano não alcançou, mas atrás dele apareceu Bruno Alves para cabecear e marcar: 2 a 1.

Os últimos minutos foram tensos, com o Grêmio tentando buscar mais um gol e o Ypiranga se defendendo. O árbitro deu apenas cinco minutos de acréscimos, o que irritou Renato Gaúcho, mesmo porque não deu tempo do seu time evitar a cobrança de pênaltis. Daí a sorte ajudou: 5 a 4 após 14 cobranças.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 1 YPIRANGA

GRÊMIO - Adriel; João Pedro, Bruno Alves, Bruno Uvini e Reinaldo; Thaciano (Gustavinho), Bitello e Vina; Everton Galdino (Thiago Santos - Cristaldo), Luis Suárez e Ferreira (Zinho). Técnico: Renato Gaúcho.

YPIRANGA - Caíque; Gedeílson, Islan, Windson (Ronald) e Patric Calmon (Gustavo Nogy); Lorran, Mossoró e João Pedro (Ralph); Matheuzinho (MV), Erick e William Barbio (Jhonatan Ribeiro). Técnico: Luizinho Vieira.

GOLS - Mossoró, aos sete e Thaciano, aos 15 e Bruno Alves, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Schwengber da Silva

CARTÕES AMARELOS - Reinaldo (Grêmio). Windson, Erick e Patric Calmon (Ypiranga).

RENDA - R$ 2.291.010,00

PÚBLICO - 37.670 pagantes - 39.869 total

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório