Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Eleições no Corinthians: candidatos André Negão e Augusto Melo trocam ataques em debate

Os dois aspirantes a presidente do clube passaram mais tempo em ataques pessoais e aos grupos políticos de cada um

Eleições no Corinthians: candidatos André Negão e Augusto Melo trocam ataques em debate
Notícias ao Minuto Brasil

05:48 - 16/10/23 por Estadao Conteudo

Esporte Bastidores

Os candidatos à presidência do Corinthians se encontraram pela primeira vez frente a frente neste domingo. André Negão, da chapa Renovação e Transparência, e Augusto Melo, da Frente Ampla, da oposição, participaram de um debate realizado pelo programa Mesa Redonda, da TV Gazeta. Os sócios corintianos, porém, não tiveram muito o que aproveitar para decidir o voto da eleição, marcada para 25 de novembro.

Em vez de apresentar propostas concretas, os dois aspirantes a presidente do clube passaram mais tempo em ataques pessoais e aos grupos políticos de cada um. Entre os temas relacionados ao clube, ambos falaram sobre orçamento, sobre o atual presidente Duílio Monteiro Alves, reformulação do elenco e a permanência do técnico Mano Menezes.

André Negão e Augusto Melo tiveram três blocos para o debate. No primeiro, responderam perguntas da bancada do programa, com direito a réplica e tréplica entre os dois. Depois, ambos perguntaram entre si, também com tempo de resposta disponível. A terceira etapa teve perguntas de jornalistas especializados na cobertura diária do Corinthians. Por fim, a equipe do Mesa Redonda teve nova rodada de perguntas.

A chapa Renovação e Transparência representa o grupo que comanda o clube desde 2007. André Negão tem 63 anos e é conselheiro vitalício. Já atuou como vice-presidente e diretor administrativo no Corinthians. Atualmente, preside a Comissão de Ética e Disciplina do clube. O principal aliado de André é Andrés Sanchez, de quem ele já foi assessor parlamentar.

Na oposição está Augusto Melo. Ele é ex-empresário do ramo têxtil e hoje investe em quadras de areia na capital paulista. Aos 59 anos, já fez parte do grupo político que comanda o Corinthians há 16 anos e, entre 2015 e 2016, chegou a ocupar cargo de assessor nas categorias de base. Depois, foi investidor do União Barbarense. Na eleição passada, em 2020, ele foi o segundo colocado, com 142 votos a menos que Duílio, o atual presidente.

MUDANÇAS E REFORMULAÇÃO NO ELENCO

A alta média de idade do elenco e a reformulação do time já foram assunto quando Mano Menezes chegou ao clube. No debate, isso se repetiu. André Negão defendeu contratações pontuais e não falou em dispensas. Entretanto, destacou a autonomia da comissão técnica na sua possível gestão. "Somente pela comissão técnica e pelo executivo de mercado que vamos contratar", afirmou.

Já Augusto Melo foi mais incisivo e confirmou que uma reformulação deve ser feita caso ele seja presidente. "Time de futebol se faz com bom 'scout', não com parcerias e indicações. Vamos sentar com nossa comissão técnica. Contratar jogadores, sem que sejam grandes salários e certa idade". Questionado novamente sobre o tema, no bloco em que jornalistas faziam a pergunta, Melo não falou sobre os "medalhões" do atual elenco e disse que haverá uma avaliação ao final do Campeonato Brasileiro. Quando questionado diretamente sobre Renato Augusto, Melo reconsiderou e falou da importância de jogadores experientes. Já André apontou que a decisão ficaria a cargo da comissão técnica.

MANO MENEZES FICA?

Representante da situação, Andre Negão acusou o adversário de demitir o atual treinador do time, Mano Menezes, caso seja eleito. Além disso, André defendeu, mais uma vez, a autonomia do técnico. "Temos certeza que o Mano vai fazer um bom trabalho no Corinthians. Vou apoiar e dar todo aparato que for necessário. Não vou dizer que ele tem que tirar este ou aquele jogador. Ele sabe o que tem que fazer".

Em resposta, Augusto Melo comentou sobre projeto de três anos para o futebol corintiano. Segundo o candidato, isso não inviabiliza que Mano siga no comando técnico do time. "Torço para que o Mano faça a melhor pontuação possível. Apresentaremos o projeto que temos para três anos. Se encaixar, seguiremos".

PARTICIPAÇÃO DE DUÍLIO NO FUTURO DO CLUBE

Augusto Melo questionou André Negão sobre como Duílio ficaria numa possível gestão do candidato. Opositor, Melo defendeu a necessidade de "trazer pessoas técnicas para que o Corinthians deixe de ser gerido por amadores, para tirar o Corinthians dessa situação". André Negão, por outro lado, disse que contaria com o atual presidente. "Mandar todo mundo embora seria falta de consideração. O Duílio tem problemas de saúde e vai se tratar logo depois de deixar a presidência. Mas, depois, se ele quiser participar, será um prazer recebê-lo", concluiu.

ORÇAMENTO E PAGAMENTO DA NEO QUÍMICA ARENA

Augusto Melo defende que sejam separados o clube de futebol e o clube social. "O clube dá prejuízo porque a gestão não tem planejamento para isso. teremos um departamento autossustentável para o clube e que o Corinthians não tire dinheiro do futebol para isso. Já André Negão não vê como separá-los, por o financiamento da parte social ser oriunda do futebol.

O pagamento da Neo Química Arena para a Caixa Econômica Federal também foi tema. Somente neste ano, o Corinthians deve pagar R$ 80 milhões em juros para o banco. Segundo André Negão, a dívida já está equalizada. "Devemos R$ 770 milhões. Estamos pagando a dívida do juros, mas é uma dívida equacionada com a receita. Vamos administrar e pagar. Teremos nossa arena", argumentou.

Já Augusto Melo avalia a negociação como "péssima" e acusou a administração atual de "elitizar o Corinthians". "Eles arrecadaram e não pagaram. Queremos modificar e trazer a Arena para o povo. Queremos mais lugares populares na Arena e, assim, ganhar receita para equacionar a dívida".

Quando o assunto chegou em orçamento, os números deram lugar a ataques pessoais. "Nem eles sabem o valor real da dívida. Vamos ter grandes surpresas", ironizou Augusto Melo. O candidato também questionou sobre como a dívida do clube aumentou, mesmo com os títulos conquistados de 2012 para cá. "O Corinthians só trouxe alegria para o corintiano. Estamos retomando nossa crescida financeira. Teremos um superávit. Pegamos um período de pandemia, taxa Selic de 13,45%, estamos fazendo o equilíbrio orçamentário", argumentou André, que concluiu: "Já tem a má administração de suas empresas. É o pior que podemos trazer para o Corinthians".

CATEGORIAS DE BASE E MAIS FARPAS

Quando o assunto foi a formação de novos jogadores, novos ataques. Melo falou sobre o plano de que os atletas formados no clube tenham 100% dos direitos econômicos vinculados ao Corinthians, a fim de valorizar a economia na gestão. André Negão devolveu que "se for como foi no União Barbarense, não tem como".

A resposta de Melo foi atacar André por ter o filho mantido na base por anos e acumulando empréstimos. "De base ele entende", disparou. A tréplica de André foi questionar sobre um áudio que supostamente captou Melo referindo-se a uma mulher com termos racistas e xenofóbicos. Melo, então, acusou apoiadores de André de ameaçar agressões.

ELEIÇÕES

Os sócios do Corinthians vão às urnas em 25 de novembro. Além de eleger o presidente, os torcedores votam para escolher 200 conselheiros trienais. A eleição ocorre no Parque São Jorge, sede social do Corinthians, das 9h às 17h. A apuração é iniciada logo em seguida. Dessa vez, diferente de 2020, serão usadas urnas eletrônicas, como manda o estatuto do clube. A comissão eleitoral do Corinthians viabilizou o empréstimo de urnas do Tribunal Regional Eleitoral. Além dos equipamentos, o TRE-SP fornecerá funcionários para organizar o pleito.

Podem votar os sócios patrimoniais e remidos (que não precisam pagar mensalidade) do clube social com mais de 18 anos, admitidos há mais de cinco anos. É estar com todas as obrigações financeiras em dia até dois meses antes da eleição. Dependentes não têm direito ao voto.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório