Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Grêmio goleia Santa Cruz por 6 a 2 e vira líder provisório do Gaúcho

O jogo foi movimentado, porque o Grêmio abriu 2 a 0, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo, para conquistar a goleada na etapa final. O perdedor segue na lanterna com três pontos e pode ser rebaixado ao final desta nona rodada.

Grêmio goleia Santa Cruz por 6 a 2 e vira líder provisório do Gaúcho
Notícias ao Minuto Brasil

09:10 - 18/02/24 por Estadao Conteudo

Esporte Campeonato Gaúcho

Em uma semana marcada pela chegada de reforços, o Grêmio goleou por 6 a 2 o Santa Cruz, neste sábado, na sua arena, em Porto Alegre (RS), e assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Gaúcho. Tem 20 pontos, contra 19 do rival Internacional, que domingo atua no interior diante do Novo Hamburgo.

O jogo foi movimentado, porque o Grêmio abriu 2 a 0, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo, para conquistar a goleada na etapa final. O perdedor segue na lanterna com três pontos e pode ser rebaixado ao final desta nona rodada.

O Grêmio não vencia há dois jogos e agora vai enfrentar o Internacional pela décima rodada, dia 25 (domingo), às 16 horas, no Beira-Rio. Antes do jogo, o técnico Renato Gaúcho avisou que pretendia, no decorrer do jogo, já colocar em campo dois novos jogadores do clube: o volante Du Queiroz, ex-Corinthians, e o atacante Pavón, vindo do Atlético-MG. "Eles vinham treinando em seus clubes, onde fizeram pré-temporada. Então devem ganhar ritmo de jogo", disse o técnico.

O centroavante Diego Costa é um caso à parte, porque já chegou no clube com o pedido pessoal de ter um tempo para entrar em sua melhor forma física. O lateral-esquerdo Mayk, contratado junto ao Guarani, está na parte final de recuperação de uma lesão muscular.

Desta vez Renato Gaúcho não poupou os titulares, afinal de contas, o empate sem gols, com os reservas, diante do Ypiranga, em Erechim, derrubou o 'Imortal' da liderança, agora nas mãos do rival Internacional. Só mesmo o ataque sofreu mudanças, até mesmo pela falta de opções. A novidade, inclusive, foi Gustavo Nunes, destaque do time na Copa São Paulo de Juniores e, agora, com contrato prolongado. Só por isso, não tinha sido utilizado antes.

Mas o Grêmio começou em alta velocidade, abrindo logo dois gols de vantagem. O primeiro com Gustavo Nunes, aos 13 minutos, batendo de chapa após uma rebatida da defesa. Três minutos depois, após cruzamento da esquerda, Cristaldo levantou o pé e se antecipou ao goleiro Marcelo Pitol para fazer 2 a 0. Parecia o início de uma goleada, o que não aconteceu.

De outro lado, o técnico Iarley, ex-atacante e ídolo do Internacional, fez três trocas, duas delas por contusão. Mas seguiu à beira do gramado pedindo para seus jogadores arriscarem os chutes. Deu certo, porque o lateral-esquerdo David Luis diminuiu, aos 24. Ele recebeu a bola na intermediária e avançou sem marcação para depois soltar um chute diagonal que morreu nas redes. Embora tivesse a posse de bola no ataque, o Grêmio apresentava dificuldades no sistema de marcação e levou o empate num contra-ataque. Após troca de passe com Pablo, o atacante Jean Lucca entrou na área e chutou. A bola desviou em Pedro Geromel, subiu e encobriu o goleiro Marchesin. Tudo igual aos 49 minutos.

Após o intervalo, o Grêmio voltou com três mudanças, inclusive, com Du Queiroz e Pavón, que deveriam ganhar ritmo, mas entraram com a obrigação de 'resolver o jogo'. E o atacante André entrou na vaga do zagueiro Pedro Geromel, numa clara demonstração de que Renato Gaúcho queria seu time totalmente no ataque.

Desta vez, tudo saiu como esperado. O Grêmio marcou a saída de bola adversária, não permitiu os contra-ataques e imprimiu forte volume de jogo que resultou no terceiro gol. Após recuo de Pepê, o estreante Pavón chutou cruzado, a bola desviou na defesa e passou por Marcelo Pitol, aos 21, 3 a 2.

Com o time do Santa Cruz cansado, logo virou goleada. João Pedro desceu em diagonal e bateu colocado de esquerda, para fazer 4 a 2, aos 30. Dois minutos depois, Pavón foi na linha de fundo e cruzou para o meio da área para o chute de chapa de João Pedro Galvão, o mais criticado pela torcida, marcar o quinto gol gremista. Aos gritos da torcida, o Grêmio manteve seu ritmo forte e chegou ao sexto gol aos 44, quando Pavón, do lado esquerdo, levantou para o cabeceio de André, fechando o placar em 6 a 2.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 6 X 2 SANTA CRUZ

GRÊMIO - Marchesin; João Pedro, Pedro Geromel (André), Kannemann (Dodi) e Reinaldo; Villasanti, Pepê e Cristaldo (Du Queiroz); Everton Galdino (Pavón), Gustavo Nunes e João Pedro Galvão (Lucas Besozzi). Técnico: Renato Gaúcho.

SANTA CRUZ - Marcelo Pitol; Jefferson, Anderson Alagoano (Kevlin) e Thiago Sales; Jean Lucca, Leylon (Rafael Mineiro), Daniel Pereira, Léo Aquino (Pablo Bueno) e David Luis (Tairone); Tcharles (Rickelmy) e Netto. Técnico: Iarley.

GOLS - Gustavo Nunes, aos 13, Cristaldo, aos 16 e David Luis, aos 24 minutos do primeiro tempo. Pavón, aos 21, João Pedro, aos 30 e João Pedro Galvão, aos 32 minutos do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Villasanti e André (Grêmio). Tairone (Santa Cruz).

ÁRBITRO - Lucas Guimarães Horn.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório