Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

'Respeito o Real Madrid, mas não tenho medo', diz Guardiola

Esta é a terceira vez consecutiva que Real e City se enfrentam no mata-mata da Liga dos Campeões

'Respeito o Real Madrid, mas não tenho medo', diz Guardiola
Notícias ao Minuto Brasil

15:12 - 16/04/24 por Estadao Conteudo

Esporte Europa

Depois de levar três gols do Real Madrid, na semana passada, Pep Guardiola afirmou nesta terça-feira que respeita o rival espanhol, mas não o teme. O treinador do Manchester City garante que o cansaço, resultado da "maratona" de jogos, não preocupa para a partida decisiva desta quarta, na Inglaterra, pela volta das quartas de final da Liga dos Campeões.

"Eu respeito muito o Real Madrid, mas não tenho medo. Já nos enfrentamos muitas vezes. Se eu elogio o time, é porque acredito. Contra o Madrid eu já joguei muitas vezes como jogador e o respeito muito. É uma rivalidade. Às vezes você ganha, às vezes você perde. A sensação de perigo contra o Real está sempre lá. Se os jogos têm sido bons nos últimos anos, que seja também amanhã", comentou.

Esta é a terceira vez consecutiva que Real e City se enfrentam no mata-mata da Liga dos Campeões. Cada time levou a melhor uma vez nos últimos dois anos. E o "desempate" nos confrontos começou justamente com uma igualdade por 3 a 3, na semana passada, na capital espanhola.

Guardiola deixou claro que sua maior preocupação é Jude Bellingham, o principal reforço do Real para a atual temporada europeia. O técnico do City admitiu surpresa com a rápida adaptação do meia-atacante inglês ao time espanhol. O jogador soma 20 gols e 10 assistências em sua primeira temporada pelo Real.

"Não é fácil se adaptar assim, rapidamente. Mas, desde o início da temporada, o seu impacto tem sido grande em gols e outras coisas. Com sua idade, ele aguenta a pressão sem problema. Acredito que ele tem uma grande mentalidade e que é um jogador excepcional. Temos que controlá-lo", comentou Guardiola.

O treinador minimizou o desgaste físico do seu elenco, que disputa no momento três competições, todas com chance de título: o Campeonato Inglês, a Copa da Inglaterra e a Liga dos Campeões.

"Estou acostumado, é melhor estar aqui do que não. Não reclame nem por um segundo sobre isso. É o que há. Mais 24 horas para nos prepararmos é importante, sim. Estou preparado para sofrer até acabar (a temporada)", comentou.

ESCALAÇÃO

Sobre o time que mandará a campo, o treinador fez mistério. Mas revelou que terá a sua disposição o lateral Kyle Walker. O inglês não entra em campo desde o fim do mês passado, quando sofreu uma lesão muscular no amistoso da sua seleção com o Brasil, em Londres.

"Ele treinou bem, se sente bem, seu humor está bom. Não sei (entraria no jogo) desde o início da partida ou começaria no banco de reservas. Mas ele estará conosco no jogo. Decidiremos no último treino", afirmou Guardiola.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório