Avião da tragédia costumava parar para abastecer, diz jogador

Atacante do Atlético Nacional contou que viajou no mesmo avião que caiu com a delegação da Chapecoense em diversas ocasiões

© Reuters / David Mercado
Esporte #FORÇACHAPE 19:37 - 29/11/16 POR Notícias Ao Minuto

O atacante Miguel Ángel Borja, do Atlético Nacional, da Colômbia, disse em entrevista à um canal de televisão do país que a equipe colombiana viajou diversas vezes no mesmo avião da Chapecoense, que caiu na madrugada desta terça-feira (29). O atleta contou que o time até já conhecia a tripulação e revelou também que o piloto precisou parar por várias vezes para reabastecer a aeronave.

PUB

“É lamentável o que aconteceu, mudou a vida de todos. Nós já viajamos neste avião, conhecíamos até a tripulação. Tomara que agora que isso aconteceu as equipes tenham a consciência de melhorar as condições (de viagem), porque várias vezes paramos para abastecer quando voamos com este avião”, contou Borja, segundo o jornal Extra.

“Todos os companheiros, o técnico, a comissão diretiva, nós estamos em reflexão, porque isso não pode passar. Nós viajamos no mesmo avião, com o mesmo capitão, em várias ocasiões. Tivemos medo, porque o avião é muito pequeno, muitas vezes parou em aeroportos para abastecer, porque não alcançaria o destino final. Queremos que a federação, que a Conmebol nos deem mais recursos para viajarmos com mais segurança e comodidade”, completou o jogador.

Leia também: Avião faz com destino ao Ceará faz pouso forçado em Brasília

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte.

Obrigado por ter ativado as notificações de Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

X