Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Histórico de finais da Copa do Brasil é adversário do Corinthians

Depois de perder o duelo de ida, em Belo Horizonte, por 1 a 0, a equipe paulista precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeã no tempo normal

Histórico de finais da Copa do Brasil é adversário do Corinthians
Notícias ao Minuto Brasil

13:01 - 17/10/18 por Folhapress

Esporte Duelo

O histórico das finais da Copa do Brasil é um adversário a mais para o Corinthians na decisão do torneio deste ano, contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira (17), às 21h45, em Itaquera. Em 28 edições da competição mata-mata até aqui, em apenas quatro um time conseguiu reverter uma desvantagem do primeiro jogo.

Depois de perder o duelo de ida, em Belo Horizonte, por 1 a 0, a equipe paulista precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeã no tempo normal. Uma vitória pela diferença simples levará a partida para os pênaltis.

Disputada desde 1989, a Copa do Brasil teve a sua primeira virada em uma decisão na edição de 1992. Na ocasião, o Internacional perdeu do Fluminense na ida por 2 a 1, no Rio, e venceu em casa por 1 a 0. O time gaúcho foi campeão pelo critério do gol marcado como visitante, algo que não existe mais na competição.

As duas viradas seguintes tiveram como vítimas justamente Cruzeiro e Corinthians.

+ Corinthians conta com torcida para bater Cruzeiro na Copa do Brasil

Em 1998, o time mineiro venceu o Palmeiras em Belo Horizonte por 1 a 0, mas depois perdeu em São Paulo por 2 a 0 e deixou o título escapar para a equipe então comandada por Luiz Felipe Scolari, atualmente de novo à frente do time alviverde.

Dez anos depois, foi a vez do Corinthians perder um troféu que esteve muito perto do Parque São Jorge.

O time alvinegro encarou o Sport na decisão e chegou a abrir 3 a 0 no jogo de ida, no Morumbi. Mas, nos acréscimos, sofreu um gol de Enílton que custaria caro para os corintianos.

Na partida de volta, em Pernambuco, os donos da casa venceram por 2 a 0 e levaram o título justamente pelo gol como visitante.

A virada mais recente teve o Palmeiras novamente como protagonista. Em 2015, depois de perder do Santos, na Vila, por 1 a 0, o clube alviverde venceu em casa por 2 a 1 e superou o time praiano na disputa de pênaltis: 4 a 3.

+ Cruzeiro tem pedido negado, e Sassá não enfrenta o Corinthians

Apesar do histórico não ser tão extenso, pois representa apenas 14% das finais, o Corinthians voltou de Belo Horizonte confiante mesmo após a derrota por 1 a 0.

Os jogadores corintianos acreditam que o time poderá repetir o feito do Campeonato Paulista deste ano, quando a equipe precisou de três viradas para ser campeã.

Primeiro, contra o Bragantino nas quartas de final, o Corinthians saiu derrotado em Bragança Paulista por 3 a 2, mas conseguiu uma vitória por 2 a 0 no Itaquerão para avançar.

Na sequência, diante do São Paulo, a equipe alvinegra perdeu a partida de ida da semifinal por 1 a 0. Depois, devolveu o placar em casa e venceu nos pênaltis, por 5 a 4.

O roteiro se repetiu na decisão, mas desta vez contra o Palmeiras e na casa do rival. A partida de ida havia sido em Itaquera e o time alvinegro perdeu de 1 a 0. No Allianz Parque, o time do Parque São Jorge venceu no tempo normal pelo mesmo placar e viu Cássio ser um gigante nos pênaltis, ao defender as cobranças de Dudu e Lucas Lima.

"Por conta de toda a situação, saímos vivos [de Belo Horizonte]. No nosso estádio, nossa torcida vai nos empurrar para reverter o resultado. É um placar que podemos reverter", disse o goleiro corintiano após a derrota para o Cruzeiro, na semana passada. Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório