Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

POA: garoto de programa teria sido morto com mais de 100 facadas

Ex-namorados teriam planejado o crime

POA: garoto de programa teria sido morto com mais de 100 facadas
Notícias ao Minuto Brasil

14:25 - 13/03/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça crime passional

Um crime executado com primor de crueldade foi solucionado pela Polícia Civil. O desfecho da investigação de um assassinato passional ocorreu nesta terça-feira (13). O corpo de um jovem, de 21 anos, com mais de 100 facadas, foi encontrado ao amanhecer do dia 16 de dezembro do ano passado no bairro Mário Quintana, em Porto Alegre.

De acordo com a titular da 5ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (5ªDPHPP), delegada Luciana Smith: “Chamou a atenção por que fugia da realidade que vivenciamos cujo pano de fundo é o tráfico”, explicou. “Não era um crime comum em razão da guerra do tráfico”, acrescentou, informa o Correio do Povo.

Os agentes descobriram que o rapaz, residente de Passo Fundo, foi atraído para uma cilada na Capital gaúcha. O plano foi concebido por um ex-companheiro, de 34 anos, e uma ex-namorada da vítima, de 24 , que se uniram como vingança. “Ele por que a vítima não queria mais manter o relacionamento e ela por que descobriu que era garoto de programa”, contou a delegada.

Os envolvidos estão presos. No entanto, o ex-companheiro, um empresário, se suicidou em São Paulo na mesma semana em que os policiais civis gaúchos efetuariam a prisão dele.

A delegada esclareceu que a vítima atuava como garoto de programa. O relacionamento com a ex-namorada, moradora de Parobé, durou três meses. Já com o empresário, também garoto de programa nas horas vagas, o relacionamento durou cerca de seis meses em São Paulo. O desejo de vingança teria surgido com o rompimento da relação.

Segundo apuração dos agentes da 5ªDPHPP, o empresário contactou a ex-namorada do jovem que teria ficado indignada ao saber da atividade de garoto de programa. Em dupla, os dois articularam um plano para matá-lo. A mulher conseguiu recrutar indivíduos de uma facção criminosa em Porto Alegre.

Uma jovem teria agido como isca, programando e atraindo a vítima para uma relação sexual que ocorreu em um hotel em Passo Fundo. Depois, o jovem foi chamado para vir até a Capital, onde desembarcou no final da noite do dia 15 de dezembro na Estação Rodoviária. O homem, então, seguiu a adolescente e uma amiga até o bairro Mário Quintana, sendo rendido e amarrado por três criminosos, entre eles um menor de idade, em um apartamento.

A vítima foi espancada e esfaqueada. Ainda agonizando, foi abandonado em frente de um supermercado na estrada Martim Félix Berta no final da madrugada do dia 16 de dezembro.

A titular da 5ªDPHPP afirma que vídeos e áudios dos próprios envolvidos no crime estão entre as provas reunidas no inquérito . As imagens foram inclusive enviadas à ex-namorada e ao ex-companheiro da vítima como prestação do serviço realizado que teria custado em torno de R$ 8 mil para o empresário.

Os envolvidos foram indiciados por homicídio triplamente qualificado por motivo torpe. Todos estão com prisão preventiva decretada e já encontram-se reclusos no sistema prisional.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório