Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem sobrevive a ataque e conta: "Estava na garganta do hipopótamo"

Tudo aconteceu nos anos 90 durante uma visita turística ao Rio Zambeze, no Zimbabuê

Homem sobrevive a ataque e conta: "Estava na garganta do hipopótamo"
Notícias ao Minuto Brasil

11:50 - 13/04/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo África do Sul

Em uma emocionante entrevista exclusiva à CNN, um  guia de safári compartilhou detalhes impressionantes de um encontro próximo com a vida selvagem durante uma expedição pelo continente africano.

O incidente, que ocorreu em março de 1996, quando o guia tinha apenas 18 anos, envolveu um hipopótamo que quase o engoliu inteiro. Durante uma arriscada descida de canoa pelo Rio Zambeze, no Zimbabuê, o guia e um grupo de turistas avistaram um grupo de hipopótamos, mas o que era para ser uma simples observação segura se transformou em uma situação de perigo mortal.

Em seu relato, o guia conta que, enquanto passavam pelo grupo de hipopótamos, a última canoa do grupo afastou-se acidentalmente, deixando um dos guias, chamado Evans, na água. O guia protagonista da história, que preferiu não ser identificado, agiu rapidamente para resgatar Evans, remando em sua direção. No entanto, enquanto se aproximava, ele viu uma 'onda' vindo em sua direção e percebeu que era um crocodilo ou um hipopótamo se aproximando em alta velocidade.

O guia descreve o momento como algo saído de um filme de Hollywood, com a tensão aumentando à medida que ele tentava alcançar Evans antes que o perigo se aproximasse. Ele descreve a sensação de seu mundo ficando escuro e estranhamente parado quando a água entre ele e o animal se levantou. Ele sentiu a pressão nas costas, mas ficou imobilizado e incapaz de se mover.

Depois de alguns segundos que pareceram uma eternidade, o guia finalmente percebeu que tinha sido salvo pelo hipopótamo, que o agarrou com sua enorme boca, mas não o mordeu. Ele estava deitado nas costas do animal, com a parte de baixo do corpo na água e a parte de cima fora d'água. Ele descreveu a sensação de estar quente, mas não encharcado, e sentir a pressão nas costas enquanto o hipopótamo o levava rio abaixo.

Eventualmente, o hipopótamo soltou o guia, que conseguiu nadar até a margem e se reunir com os outros membros do grupo. Ele e Evans, que também tinha sobrevivido, foram resgatados em segurança, mas a experiência foi descrita como surreal e repleta de adrenalina.

O guia concluiu a entrevista enfatizando a importância de respeitar a vida selvagem e entender que os animais selvagens são imprevisíveis e perigosos, mesmo em aparentemente situações seguras. Sua história é um lembrete impactante de como a vida selvagem pode ser surpreendente e perigosa, mesmo para aqueles que estão familiarizados com a exploração de áreas selvagens."

Leia Também: Hipopótamo de Pablo Escobar morre em colisão com carro na Colômbia

Campo obrigatório